Caro visitante,

Reparámos que tem um Ad Blocker (software de bloqueio de publicidade) ativo.

A informação tem valor. O Futebol 365 disponibiliza todos os seus conteúdos de forma gratuita e de livre acesso. Os anúncios ajudam-nos a pagar a informação que consulta todos os dias. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker apenas para o Futebol 365.

Esperamos a sua compreensão.

Obrigado.
Futebol 365
Inglaterra: Estratégia de Mourinho determinante na vitória sobre o Chelsea
por Manuel Resendes c/Lusa, publicado a 16-04-2017 às 19:46
José Mourinho foi hoje determinante em termos estratégicos para a vitória do Manchester United sobre o líder da Liga inglesa de futebol, o Chelsea, por 2-0, em jogo da 33ª jornada, que relançou a luta pelo título.

O treinador português deixou surpreendentemente no banco o seu goleador, o sueco Zlatan Ibrahimovic, e montou um sistema de jogo em 3x5x2 que neutralizou os pontos fortes do Chelsea, de tal modo que o atual líder da ‘Premier League’ não fez um remate enquadrado com a baliza ao longo dos 90 minutos.

Com Ander Herrera a fazer marcação individual ao belga Eden Hazard, e um meio-campo bem preenchido, com Valência e Ashley Young como médios-ala, o espanhol, Fellaini e Pogba no corredor central, o United asfixiou o jogo ofensivo do Chelsea, roubando-lhe espaço para ‘respirar’, e deixando quase sempre a sua referência atacante, Diego Costa, desamparada entre o trio Bailly, Rojo e Darmian.

Na frente, Rashford, que viria a ser uma das figuras da partida, a par de Herrera, e Lingard, dois jovens, velocistas, prontos a explorar essa característica e as costas da defesa do Chelsea, como sucedeu no lance do primeiro golo, logo aos sete minutos.

Um passe magnífico de Herrera, que antes dominou a bola com o braço, para as costas de David Luiz, a solicitar a desmarcação de Rashford, o qual, à saída de Begovic, titular na ausência do lesionado Courtois, meteu a bola fora do alcance do bósnio.

O Manchester United teve o jogo sempre controlado e esteve muito perto do segundo golo ainda antes do intervalo, perante um Chelsea manietado, incapaz de criar espaços de penetração na ‘muralha’ defensiva dos ‘red devils’, cujos jogadores assumiram desde o primeiro minuto a atitude competitiva que se exigia num jogo deste grau de exigência.

Na segunda parte, o Manchester United reforçou a sua confiança com a marcação do segundo golo, logo aos 49 minutos, por Herrera, num remate à entrada da área desviado por Zouma, a trair Begovic, e o Chelsea foi simplesmente incapaz de alterar o rumo dos acontecimentos.

Conte ainda tentou fazê-lo, com as entradas de Fàbregas e Willian, em detrimento de Moses e Matic, aos 54 e 66 minutos, mas Mourinho respondeu de imediato, sacrificando Lingard para a entrada do veterano Carrick, que reforçou a consistência do ‘miolo’, ‘matando à nascença’ qualquer veleidade do Chelsea dar a volta ao resultado.

Aos 83 minutos, Mourinho substituiu Rashford, exausto, por Zlatan Ibrahimovic, que não deu o mínimo sinal de enfado por ter ficado no ‘banco’ ao entregar-se ao jogo com total disponibilidade e espírito de sacrifício.

No banco do Chelsea, sentou-se o guarda-redes português Eduardo, mas não chegou a sair dele.

Com este triunfo, o Manchester relança a luta pelo título, que parecia ‘entregue’ ao Chelsea em função da vantagem pontual que chegou a usufruir, e que neste momento se cifra em meros quatro pontos sobre o Tottenham, segundo classificado.

Os ‘spurs’, que golearam sábado por 4-0 na receção ao Bournemouth, somam 71 pontos, contra 75 do Chelsea e 66 do Liverpool, terceiro, que, no outro encontro dominical, venceu por 1-0 no reduto do West Bromwich, graças a um tento do brasileiro Roberto Firmino, nos descontos da primeira parte.

Por seu lado, a equipa de Mourinho subiu ao quinto lugar com 60 pontos, a quatro do Manchester City (3-0 em Southampton, no sábado) e a seis do Liverpool, quarto e terceiro classificados, respetivamente, mas os ‘red devils’ têm menos um jogo do que os ‘citizens’ e menos dois do que os ‘reds’.

Programa da jornada:

Sábado, 15 de Abril de 2017
Tottenham - AFC Bournemouth, 4 - 0
Everton - Burnley, 3 - 1
Watford - Swansea City, 1 - 0
Crystal Palace - Leicester, 2 - 2
Stoke City - Hull City, 3 - 1
Sunderland - West Ham, 2 - 2
Southampton - Man City, 0 - 3

Domingo, 16 de Abril de 2017
WBA - Liverpool, 0 - 1
Man Utd - Chelsea, 2 - 0

Segunda-feira, 17 de Abril de 2017
Middlesbrough - Arsenal, 1 - 2

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.
Notícias Relacionadas
Comentários
JOGOS E RESULTADOS
loading
A carregar...
F365 NO FACEBOOK
SONDAGEM
Sporting ou Benfica quem vence o 'derbi' em Alvalade?
FORA DE JOGO
Suspeito de atropelamento junto ao Estádio da Luz em prisão preventiva
Suspeito de atropelamento junto ao Estádio da Luz em prisão preventivaO suspeito do atropelamento mortal ocorrido junto ao Estádio da Luz, em Lisboa, há uma ...
Presidente do Conselho Olímpico da Ásia nega corrupção a membros da FIFA
Presidente do Conselho Olímpico da Ásia nega corrupção a membros da FIFAO presidente do Conselho Olímpico da Ásia, Sheik Ahmad, negou hoje a acusação de corrupção, ...
Subcomissário da PSP de Guimarães julgado por agressão a adeptos do Benfica
Subcomissário da PSP de Guimarães julgado por agressão a adeptos do BenficaO Tribunal de Instrução Criminal de Guimarães decidiu levar a julgamento o subcomissário da PSP ...
Suspeito de atropelamento mortal junto presente hoje a um juiz
Suspeito de atropelamento mortal junto presente hoje a um juizO suspeito do atropelamento mortal ocorrido junto ao Estádio da Luz, em Lisboa, há uma ...
© 1997-2017 Futebol 365
Todos os direitos reservados