Caro visitante,

Reparámos que tem um Ad Blocker (software de bloqueio de publicidade) ativo.

A informação tem valor. O Futebol 365 disponibiliza todos os seus conteúdos de forma gratuita e de livre acesso. Os anúncios ajudam-nos a pagar a informação que consulta todos os dias. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker apenas para o Futebol 365.

Esperamos a sua compreensão.

Obrigado.
Futebol 365
França: Mónaco volta a ser goleado pelo Nice, quase um ano depois
por Paulo Resendes c/Lusa, publicado a 09-09-2017 às 19:29
O Nice repetiu, quase um ano depois, a goleada por 4-0 sobre o Mónaco, em jogo da quinta jornada da Liga francesa de futebol, protagonizando uma meia surpresa depois de um início de campeonato desastroso.

A equipa do Sul de França somava uma vitórias e três derrotas nas primeiras quatro jornadas e defrontava o Mónaco, que estava a protagonizar um grande início de campeonato, com quatro vitórias em outras tantas jornadas, a despeito das saídas de ‘jogadores-chave’ como Bakayoko, Mbappé, Bernardo Silva e Mendy.

O Mónaco somava, aliás, 16 triunfos consecutivos na ‘Ligue 1’, recorde da prova, e 24 jogos sem perder: a última derrota tinha acontecido o ano passado, mais precisamente a 18 de dezembro, na receção ao Lyon (1-3). Fora, o conjunto de Leonardo Jardim já não perdia desde 14 de outubro de 2016 (1-3 em Toulouse).

O Nice começou cedo a construir o triunfo robusto, logo aos seis minutos, pelo avançado italiano Mário Balotelli, na execução de um penálti, por falta cometido sobre o próprio, e aumentou a vantagem aos 18, por Alessane Plea, num lance típico de contra-ataque, através de um lançamento para as costas da defesa do Mónaco, a aproveitar o balanceamento ofensivo dos forasteiros.

Os restantes golos do Nice surgiram na segunda parte, aos 60 minutos, com Balotelli a ‘bisar’, e aos 85, pelo avançado camaronês Igniatus Ganago, que entrou a render o italiano, aos 74.

A propósito de Balotelli, de referir que também tinha ‘bisado’ há cerca de um ano, quando o Nice goleou o Mónaco em casa por 4-0, a 21 de setembro de 2016, para o campeonato.

Pela equipa do Mónaco, foram titulares dois portugueses, João Moutinho, que alinhou durante os 90 minutos, e Rony Lopes, que foi substituído ao intervalo pelo avançado argentino Guido Carrilo.

Com esta derrota, o Mónaco deixa o Paris Saint-Germain, que goleou na sexta-feira o Metz por 5-1, isolado na liderança, com 15 pontos, mais três do que a formação monegasca e mais seis do que o Bordéus, que ocupa o terceiro posto, enquanto o Nice subiu ao oitavo lugar, com seis.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 8 de Setembro de 2017
Lille - Bordeaux, 0 - 0
Metz - PSG, 1 - 5

Sábado, 9 de Setembro de 2017
Nice - Monaco, 4 - 0
Troyes - Toulouse, 0 - 0
Caen - Dijon, 2 - 1
Montpellier - Nantes, 0 - 1
Strasbourg - Amiens, 0 - 1

Domingo, 10 de Setembro de 2017
Saint-Étienne - Angers, 1 - 1
Lyon - Guingamp, 2 - 1
Marseille - Rennes, 1 - 3

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.
Notícias Relacionadas
Comentários
JOGOS E RESULTADOS
loading
A carregar...
F365 NO FACEBOOK
SONDAGEM
Quem está a fazer um melhor arranque na Primeira Liga?
FORA DE JOGO
Autárquicas: Liga quer reduzir impacto de jogos de futebol na abstenção
Autárquicas: Liga quer reduzir impacto de jogos de futebol na abstençãoA Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) lançou hoje a campanha 'Democrata e Adepto', tendo ...
Futebol na Televisão: Os jogos que pode ver durante esta semana
Futebol na Televisão: Os jogos que pode ver durante esta semanaConfira a lista dos jogos que poderá acompanhar em direto, durante esta semana, nos canais ...
PSG: Parisienses venderam 120 mil camisolas de Neymar no último mês
PSG: Parisienses venderam 120 mil camisolas de Neymar no último mêsFoi uma das transferências mais faladas do último mercado, não só pelo valor pago pelo ...
Árbitros de futebol deixam redes sociais na Internet
Árbitros de futebol deixam redes sociais na InternetOs árbitros do primeiro escalão do futebol vão deixar as redes sociais, por decisão dos ...
© 1997-2017 Futebol 365
Todos os direitos reservados