Caro visitante,

Reparámos que tem um Ad Blocker (software de bloqueio de publicidade) ativo.

A informação tem valor. O Futebol 365 disponibiliza todos os seus conteúdos de forma gratuita e de livre acesso. Os anúncios ajudam-nos a pagar a informação que consulta todos os dias. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker apenas para o Futebol 365.

Esperamos a sua compreensão.

Obrigado.
Futebol 365
COI afasta Rússia dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018
por Paulo Resendes c/Lusa, publicado a 05-12-2017 às 20:58
COI afasta Rússia dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018
A Rússia foi hoje afastada dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 pelo Comité Olímpico Internacional (COI), devido à dopagem institucionalizada no país, mas os seus atletas podem competir em Pyeongchang sob a bandeira olímpica.

O COI decidiu hoje impedir a participação da Rússia como nação nos próximos Jogos Olímpicos de Inverno, mas autorizou a presença de desportistas russos como independentes, sob condições específicas.

A entidade olímpica anunciou ainda a irradiação do vice-primeiro ministro russo, Vitali Moutko, que durante vários anos tutelou o desporto no país.

O escândalo do alegado esquema de dopagem sistemática patrocinado pelo governo russo foi revelado em dezembro de 2014, num documentário da estação televisiva alemã ARD, levando à abertura de procedimentos disciplinares por parte do Comité Olímpico Internacional e da Agência Mundial Antidopagem (AMA).

Em agosto de 2015, antes dos Mundiais de atletismo de Pequim, o canal alemão denunciou novos casos de doping, visando atletas russos e quenianos, entre os quais medalhados e campeões olímpicos.

A AMA divulgou em novembro de 2015 as primeiras conclusões do relatório feito pela sua comissão independente, propondo a exclusão do atletismo russo dos Jogos Olímpicos Rio2016, o que viria a acontecer, enquanto a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) suspendeu a federação russa, que aceitou a pena.

Em julho de 2016, ocorreu novo abalo, com a divulgação da primeira parte do relatório independente da AMA, da autoria do professor canadiano Richard McLaren, que denunciou um sistema de doping estatal, envolvendo 30 modalidades, entre 2011 e 2015.

A segunda parte do designado relatório McLaren, publicado em dezembro de 2016, concluiu pela existência de “manipulação sistemática e centralizada de controlos antidoping”.

A IAAF prolongou o castigo da federação russa até aos Mundiais de Londres, disputados em agosto, já depois de a agência russa antidopagem (Rusada) ter sido novamente autorizada a realizar controlos, em junho último, após um ano e meio de suspensão.

Em agosto, o novo presidente da federação russa de atletismo, Dmitry Shlyakhtin, apresentou um pedido de desculpas públicas no congresso da IAAF pelo envolvimento do seu país no esquema de dopagem, que já levou à suspensão de dezenas de atletas.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.
Notícias Relacionadas
Comentários
JOGOS E RESULTADOS
loading
A carregar...
F365 NO FACEBOOK
SONDAGEM
Quem gostaria de ver como presidente do Sporting?
FORA DE JOGO
Provedores pedem que RTP reduza notícias e não difunda discurso agressivo
Provedores pedem que RTP reduza notícias e não difunda discurso agressivoOs provedores do ouvinte e do telespetador da RTP defenderam que o serviço público de ...
Futebol na Televisão: Os jogos que pode ver durante esta semana
Futebol na Televisão: Os jogos que pode ver durante esta semanaConfira a lista dos jogos que poderá acompanhar em direto, durante esta semana, nos canais ...
Euromilhões: Apostador espanhol é único totalista e arrecada 17 M€
Euromilhões: Apostador espanhol é único totalista e arrecada 17 M€Um apostador cujo boletim foi registado na região de Sevilha (Espanha) foi o único vencedor ...
Futebol na Televisão: Os jogos que pode ver durante este fim-de-semana
Futebol na Televisão: Os jogos que pode ver durante este fim-de-semanaConfira a lista dos jogos que poderá acompanhar em direto, durante este fim-de-semana, nos canais ...
© 1997-2018 Futebol 365
Todos os direitos reservados