loading

Liga Zon Sagres: Sporting vence Paços e iguala Benfica na liderança

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Qual o adversário mais acessível para o FC Porto nos oitavos-de-final da Champions?

O Sporting igualou hoje o Benfica na liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer na receção ao Paços de Ferreira por 4-0, em jogo da 11.ª jornada, e ultrapassou o FC Porto.
Liga Zon Sagres: Sporting vence Paços e iguala Benfica na liderança

No Estádio José Alvalade, o avançado "leonino" voltou aos golos após uma "seca" de quatro jogos, com remates certeiros aos 51 e 72 minutos, o último de grande penalidade, depois de William Carvalho, com mais uma grande exibição, ter aberto o marcador aos 16 e com André Martins a fechar a contagem, aos 89.

Com estes dois tentos, Fredy Montero reforçou a liderança na lista dos melhores marcadores, somando agora 11 golos, enquanto o também colombiano Jackson Martinez, do FC Porto, continua com oito.

Para chegar ao primeiro lugar do campeonato, um "feito" que já tinha alcançado nas jornadas iniciais da prova, o Sporting nem precisou de acelerar muito perante um Paços de Ferreira que "abusou" de um tática ultra defensiva e em que a sua unidade mais avançada foi Sérgio Oliveira, um médio de raiz, que praticamente andou perdido em campo.

Nem em desvantagem no marcador, a formação de Henrique Calisto mudou a sua forma de jogar e a sua tarefa ficou ainda mais difícil quando Filipe Anunciação viu o cartão vermelho direto, aos 71 minutos, num lance que resultou na grande penalidade convertida por Montero.

Com o argentino Marcos Rojo de regresso ao eixo defensivo, por troca com Dier, que se sentou no banco, o Sporting foi dono e senhor do encontro e, com mais velocidade, podia mesmo ter construído uma goleada mais expressiva em Alvalade.

Desde o apito inicial, e quase sempre com William Carvalho envolvido no início das jogadas, a equipa de Leonardo Jardim foi construindo inúmeros lances de perigo junto da baliza de António Filipe, algo que resultou também da pressão alta imposta pelas suas figuras mais adiantadas junto da defensiva pacense.

Sem surpresa, o Sporting chegou ao golo aos 16 minutos, com William Carvalho a cabecear com alguma facilidade para as redes do Paços de Ferreira, após canto de Jefferson.

A equipa lisboeta até "adormeceu" após o golo, mas o Paços de Ferreira mesmo assim raramente conseguiu chegar à baliza de Rui Patrício, já que parecia que muitas das suas unidades estavam "proibidas" de ultrapassar o meio-campo.

Nos primeiros minutos da segunda parte, Fredy Montero pôs finalmente fim à "seca" de golos, numa jogada com assistência de Carrillo, num tento que foi muito festejado pela formação "leonina", talvez devido a relação "amor-ódio" com os adeptos do Sporting, devido à irregularidade exibicional do peruano.

Depois do Paços de Ferreira ter feito o seu primeiro remate à baliza em toda a partida, aos 68 minutos, o Sporting viria a aumentar a vantagem aos 72, com penálti certeiro de Montero, que castigou uma falta na área de Filipe Anunciação, que viu o vermelho direto.

Com o Paços de Ferreira de "rastos", André Martins fechou a contagem aos 82 minutos, com um remate colocado dentro da área.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 29 de Novembro de 2013
Sp. Braga - Olhanense, 4 - 1

Sábado, 30 de Novembro de 2013
Académica - FC Porto, 1 - 0

Domingo, 1 de Dezembro de 2013
Nacional - V. Setúbal, 2 - 2
Arouca - Marítimo, 1 - 2
Belenenses - Gil Vicente, 0 - 0
Rio Ave - Benfica, 1 - 3
Sporting - Paços Ferreira, 4 - 0

Segunda-feira, 2 de Dezembro de 2013
Estoril - V. Guimarães, 0 - 2

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler