ESC ONLINE

Mundial-2014: Costa Rica - Itália (declarações)

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações após o encontro Itália-Costa Rica (0-1), da segunda jornada do Grupo D do Mundial2014 de futebol.
Mundial-2014: Costa Rica - Itália (declarações)

Cesare Prandelli (selecionador da Itália)

“Foi uma derrota merecida. Eles foram muito mais agressivos do que nós. Agora, temos de jogar a qualificação no terceiro jogo.

Quaremos recuperar toda a nossa energia para o Uruguai.

Eles forma muito agressivos e tivemos dificuldades a meio campo. Tivemos de verticalizar o jogo e o Mario (Balotelli) teve duas boas oportunidades. Se tivesse marcado, o jogo teria sido outro, mas a derrota foi merecida.

Não sei se subestima-mos a Costa Rica. Se o fizemos, foi um erro. Mas, eu vi todos os jogadores a lutar. Com estas condições, demos o máximo. Colocámos três jogadores mais frescos para tentar mudar o jogo, mas não conseguimos.

Não temos medo (do jogo com o Uruguai), temos apenas de recuperar a energia”.

Antonio Cassano (jogador da Itália)

“Temos que esquecer este jogo e voltar a partir, pois daqui a três dias jogamos a vida. Devemos qualificar-nos e temos capacidade para o fazer tranquilamente.

Não subestimámos o adversário, até porque hoje não há adversários fáceis. Tivemos duas ou três boas oportunidades, mas não as conseguimos aproveitar.

Estou convicto de que nos vamos qualificar. Temos de recuperar as forças e a energia.

Não há pressão de jogar com o Uruguai. Se jogarmos o que sabemos, vamos conseguir a qualificação”.

Jorge Luís Pinto (selecionador da Costa Rica)

“Enfrentámos um campeão do Mundo, uma equipa muito forte do ponto de vista tático e futebolístico.

Ganhámos a um grande. É a recompensa para o que os jogadores fizeram, em termos táticos, de dinâmica, de cabeça. Não perdemos a cabeça. Tivemos ordem, tudo. Uma partida belíssima.

Se foi a Itália que esperava? Sim. Tapámos todos os caminhos à Itália, tirámos-lhes o futebol, controlámo-los.

O povo costa-riquenho merece (depois de 24 anos sem conseguirem a qualificação para os oitavos de final). Apoiaram o grupo e a mim. Isto é para eles.

A minha mulher e os meus filhos estão aqui, estão felizes. Isto é histórico.

Estou feliz, mas falta muito, falta o melhor. Oxalá consigamos chegar mais à frente”.

Bryan Ruiz (autor do golo da Costa Rica)

“É inexplicável o que sentimos neste momento. Estamos muito felizes, depois de vários anos a sofrer, sem nos apurarmos para o Mundial. Desta vez conseguimos e estamos a fazer história. Estou ainda mais feliz por ter marcado o golo que nos qualificou para os oitavos de final.

Tínhamos esperança na qualificação, sonhávamos com isto. Diziam que este era o ‘grupo da morte’, mas, hoje, os mortos são outros e nós conseguimos a qualificação antecipada.

É um sonho, mas não nos podemos conformar com isto. Queremos mais.

No golo, vi que a bola entrou quando a cabeceei, mas a tecnologia confirmou que entrou mesmo e foi uma alegria imensa.

Queria agradecer a todos os que nos apoiaram acreditaram em nós. Aos que não, obrigado por passarem a acreditar agora. Fizemos algo incrível para um país tão pequeno. É para todo o público, para toda a minha família, a minha mulher e o meu filho”.

Programa da jornada:

Terça-feira, 17 de Junho de 2014
Brasil - México, 0 - 0

Quarta-feira, 18 de Junho de 2014
Austrália - Holanda, 2 - 3
Espanha - Chile, 0 - 2
Camarões - Croácia, 0 - 4

Quinta-feira, 19 de Junho de 2014
Colômbia - Costa do Marfim, 2 - 1
Uruguai - Inglaterra, 2 - 1
Japão - Grécia, 0 - 0

Sexta-feira, 20 de Junho de 2014
Itália - Costa Rica, 0 - 1
Suíça - França, 2 - 5
Honduras - Equador, 1 - 2

Sábado, 21 de Junho de 2014
Argentina - Irão, 1 - 0
Alemanha - Gana, 2 - 2
Nigéria - Bósnia, 1 - 0

Domingo, 22 de Junho de 2014
Bélgica - Rússia, 1 - 0
Rep. Coreia - Argélia, 2 - 4
Estados Unidos - Portugal, 2 - 2

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página