loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Comentário: Benfica regressa às vitórias perante um frágil Boavista

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Benfica regressou hoje às vitórias na Primeira Liga de futebol, após receber e bater um frágil Boavista, por 3-0, num encontro da 19.ª jornada em que o resultado podia ter sido mais expressivo.

No Estádio da Luz, Lima (23 minutos), Maxi Pereira (33) e Jonas (55, de grande penalidade) construíram o triunfo dos campeões nacionais, que podiam mesmo ter imposto uma goleada bem pesada dos `axadrezados´, tal foi o número de oportunidades criadas em todo o jogo.

No regresso à casa do Benfica depois de quase oito anos de ausência, o Boavista provou a razão pela qual é a equipa com a pior defesa e pior ataque do campeonato nos jogos fora, tal foi a fragilidade do setor mais recuado e a inoperância dos avançados. O primeiro remate da formação portuense aconteceu apenas aos 69 minutos.

Depois do desaire em Paços de Ferreira (1-0), o Benfica manteve o rumo do título e, para já, nesta jornada colocou-se provisoriamente com nove pontos de vantagem sobre o FC Porto, segundo classificado, e 10 sobre o Sporting, terceiro.

Os `dragões´ recebem no domingo o Paços de Ferreira, enquanto os `leões´ se deslocam no mesmo dia a Arouca.

Além do regresso às vitórias, o jogo com o Boavista acabou por ser um bom teste para a formação de Jorge Jesus a uma semana da deslocação ao Estádio José Alvalade para defrontar o eterno rival Sporting, na próxima ronda do campeonato.

Contudo, nem tudo foi perfeito para os `encarnados´. O guarda-redes Júlio César lesionou-se sozinho já nos minutos finais e foi mesmo substituído por Artur, ficando assim em dúvida para o derbi lisboeta.

Com Pizzi a render Talisca no onze titular, o Benfica dominou por completo a partida e nem precisou de puxar dos `galões´ de campeão nacional para bater um Boavista, que, fora do Bessa, continua uma das piores equipas da I Liga.

Quando Lima fez o primeiro golo da partida, aos 23 minutos, com belo toque de cabeça, após passe Maxi Pereira, já a equipa da Luz tinha criado uma mão cheia de oportunidades, incluindo duas claras por Ola John e Salvio, que acabaram desperdiçadas.

Depois da assistência, Maxi Pereira, um dos melhores em campo, aumentou sem grande dificuldade a vantagem do Benfica, com um remate já dentro da área, aos 33 minutos, num lance com muitas culpas para a defensiva do Boavista, que ficou a `olhar´ para o uruguaio.

Tal eram as facilidades que o Benfica aproveitou para poupar alguns esforços na segunda parte. Mesmo assim, foi continuando a criar lances para marcar e chegou mesmo ao terceiro, num grande penalidade de Jonas, aos 55 minutos. O penalti acaba por ser inexistente, já que a falta, cometida sobre Samaris, ocorreu ainda a uns bons centímetros fora da área.

Até final, o avançado Lima acabou por dar um espetáculo de golos falhados, tendo somado várias oportunidades para voltar a marcar, mas sempre a falhar o alvo.

Inesperada foi a lesão de Júlio César. O guarda-redes brasileiro, que interveio apenas uma vez na partida aos 69 minutos, fez sem necessidade (seria pontapé de baliza para o Benfica) um `sprint´ para não deixar a bola sair e acabou com uma lesão muscular, tendo dado lugar ao seu compatriota Artur.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2015
Sp. Braga - Moreirense, 1 - 0

Sábado, 31 de Janeiro de 2015
Benfica - Boavista, 3 - 0
Nacional - Belenenses, 2 - 1
Penafiel - V. Guimarães, 1 - 1

Domingo, 1 de Fevereiro de 2015
Rio Ave - Estoril, 2 - 1
Gil Vicente - V. Setúbal, 1 - 1
Académica - Marítimo, 1 - 1
Arouca - Sporting, 1 - 3
FC Porto - Paços Ferreira, 5 - 0

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página