Comentário: Nacional bate Paços Ferreira, mas ambos falham Liga Europa

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Nacional venceu hoje o Paços de Ferreira por 3-0, em jogo da 34.ª e última jornada da I Liga de futebol, mas as duas equipas acabaram por falhar o apuramento para a Liga Europa.
Comentário: Nacional bate Paços Ferreira, mas ambos falham Liga Europa

Para atingir a Liga Europa, os insulares precisavam de vencer e que o Belenenses não vencesse em Barcelos, enquanto os pacenses estavam dependentes apenas do empate, mas a derrota do Paços, conjugada com a vitória da equipa do Restelo em casa do Gil Vicente, acabou por `atirar´ os `azuis´ para a Europa, deixando madeirenses e pacenses de fora.

Uma infelicidade de Fábio Cardoso, que fez autogolo aos 14 minutos, e os tentos de Marco Matias (43) e de Tiago Rodrigues (53) deram corpo a um claro triunfo dos madeirenses.

Na Choupana, o Paços de Ferreira entrou em vantagem, uma vez que, de entre os três candidatos europeus, era o único que dependia de si próprio para garantir o sexto lugar, enquanto o Nacional precisava vencer e conseguiu, mas estava dependente do resultado do jogo entre o Gil Vicente e o Belenenses.

A vantagem pacense começou a perder-se aos 14 minutos, altura em que os madeirenses marcaram o seu primeiro golo, num lance de infelicidade pacense: Lucas João furou pela esquerda e cruzou para a área, surgindo Fábio Cardoso a desviar a trajetória da bola, enganando António Filipe.

Os `castores´ reagiram bem à adversidade e partiram á procura da igualdade. No entanto, a defesa madeirense esteve sempre atenta e o guarda-redes Gottardi também correspondeu na plenitude.

Antes do intervalo, aos 43 minutos, O Nacional dilatou a vantagem, por Marco Matias, dando o melhor seguimento a uma boa jogada de Tiago Rodrigues, pela direita. O avançado fez o seu 17.º golo na Liga, reforçando a sua posição de líder entre os marcadores portugueses da I Liga.

Após o descanso, o Paços de Ferreira mostrou que ainda estava em jogo para a discussão do resultado, mas os insulares responderam, criando várias oportunidades.

Aos 53 minutos, o Nacional chegou aos 3-0, por Tiago Rodrigues, após assistência de Luís Aurélio, com a defesa visitante a facilitar a vida ao adversário.

Com o triunfo praticamente garantido, o golo do Belenenses, em Barcelos, fez-se sentir na Choupana, através do profundo silêncio dos adeptos nacionalistas.

O segundo golo da equipa do Restelo, em Barcelos, acabou por causar algum desinteresse das duas equipas e o jogo ficou agreste e faltoso, até à altura em que o árbitro deu por finalizada a partida.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 22 de Maio de 2015
FC Porto - Penafiel, 2 - 0

Sábado, 23 de Maio de 2015
Estoril - Boavista, 2 - 0
Gil Vicente - Belenenses, 0 - 2
Arouca - Moreirense, 1 - 2
Nacional - Paços Ferreira, 3 - 0
Benfica - Marítimo, 4 - 1
Rio Ave - Sporting, 0 - 1
Académica - V. Guimarães, 2 - 4
Sp. Braga - V. Setúbal, 5 - 0

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página