Guarda-redes brasileiro Guilherme convocado para a seleção da Rússia

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O selecionador de futebol da Rússia, Leonid Slutski, convocou hoje o guarda-redes brasileiro Guilherme, que recebeu a dupla nacionalidade o ano passado, para os jogos de caráter particular com a Lituânia e a França.
Guarda-redes brasileiro Guilherme convocado para a seleção da Rússia

Guilherme Marinato, de 30 anos, é o guarda-redes titular do Lokomotiv Moscovo, clube que representa desde 2007 e que o contratou aos brasileiros do Atlético Paranaense.

O guarda-redes tem a oportunidade de se estrear pela seleção russa frente à Lituânia, a 26 de março, em Moscovo. A 29 de março, em Paris, a Rússia defronta a França, anfitriã do Euro2016.

Outro futebolista oriundo do Brasil e que também recebeu recentemente a cidadania russa é o defesa Mário Fernandes, de 25 anos, do CSKA Moscovo, mas está fora dos planos do selecionador Leonid Slutski por não poder disputar o Euro2016.

O ministro do Desporto e presidente da União de Futebol da Rússia (UFR), Vitali Mutkó, explicou que Mário Fernandes não poderá regularizar a sua situação junto da FIFA a tempo de poder disputar o Euro2016.

A UFR está também interessada em naturalizar o alemão Román Neustädter, de 28 anos, defesa central do Schalke 04, que nasceu na Ucrânia, embora tenha feito toda a sua carreira futebolística na Alemanha.

A outra grande surpresa na convocatória de Slutski, para além de Guilherme, é a chamada do médio Dmitri Tarásov, do Lokomotiv, admoestado por mostrar uma camisola com a imagem do presidente Vladimir Putin, vestido de militar, no final de um jogo com o Fenerbahçe, em Istambul, para a Liga Europa.

Tarásov, que explicou que mostrou a camisola para mostrar o seu respeito pelo líder russo Vladimir Putin, foi sancionado pelo próprio Lokomotiv Moscovo, que considerou o gesto do seu jogador “inapropriado” e “danoso para o clube”.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página