loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Segunda Liga: Atlético goleia Oliveirense, com quatro golos em 20 minutos

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Acha que Silas é uma boa opção para o Sporting?

O Atlético regressou hoje às vitórias caseiras na Segunda Liga, após ter goleado a Oliveirense por 4-1, em jogo da 36.ª jornada, no qual a equipa lisboeta se lançou para o triunfo nos últimos 20 minutos.
Segunda Liga: Atlético goleia Oliveirense, com quatro golos em 20 minutos

Apesar da diferença final no marcador, acabou por ser um sucesso complicado para a turma de Alcântara, que já não vencia perante os seus adeptos desde 31 de janeiro, data em que derrotou o Olhanense, por 1-0.

Paulo Regula foi o grande 'agitador' dos alcantarenses, tendo consumado o empate, aos 74 minutos, e o terceiro golo da sua equipa, já em período de compensações.

O Atlético iniciou a partida sobre ‘brasas’, com alguns associados a contestarem as opções do novo técnico, Nílton Terroso, desde o primeiro minuto. O treinador não alterou o esquema tático, três centrais, cinco médios e dois avançados, já adotado pelo seu antecessor, Pedro Hipólito.

E com o 'divórcio' entre a equipa e alguns sócios no auge, a Oliveirense abriu o marcador aos 25 minutos, na conversão de uma grande penalidade provocada pelo central Perozo sobre o avançado Rafa. Chamado à conversão, o cabo-verdiano Leleco não desperdiçou.

Logo de seguida, Terroso foi obrigado a fazer a primeira substituição devido a lesão do experiente Jorge Ribeiro, rendido pelo avançado Malele, aos 33 minutos.

Aos 35 minutos, o Atlético criou a sua primeira chance de golo. Cruzamento de Hélio Cruz da direita, mas Minor López e o reentrado Malele não conseguiram empurrar a bola para a baliza.

Durante a primeira parte viu-se muito pouco futebol no anfiteatro da Tapadinha. Imperou o contato e bastante contestação dos adeptos alcantarenses ao árbitro João Bento e ao técnico Terroso.

‘Contagiado’ por este clima tenso, o avançado Paulo Regula acabou por interpretar um aceso 'bate boca' com o treinador da Oliveirense, João Bastos, e levou cartão amarelo.

Na segunda parte, o Atlético surgiu mais ofensivo e foi à procura do triunfo. Com três avançados de raiz em campo, os alcantarenses colocaram toda a ‘artilharia’ ofensiva no relvado, mas a Oliveirense foi retardando o empate.

Até que aos 74 minutos, Paulo Regula igualou a contenda, através de um oportuno remate, em arco, que iludiu o guarda-redes João Pinho.

Com a equipa de Oliveira de Azeméis, completamente recuada e a defender a repartição de pontos, o central venezuelano Perozo fez o 2-1, aos 74 minutos, na conclusão de um livre marcado do lado esquerdo por Bruno Simão.

E foi já em período de descontos que o Atlético fixou o resultado final (4-1), com golos de Paulo Regula (penálti) e de Hélio Cruz, a concluir um contra-ataque.

Programa da jornada:

Quarta-feira, 16 de Março de 2016
Penafiel - Sp. Braga [B], 0 - 0
Olhanense - Gil Vicente, 0 - 0
Oriental - Mafra, 0 - 1
FC Porto [B] - Desp. Chaves, 0 - 0
Atlético - Oliveirense, 4 - 1
V. Guimarães [B] - Desp. Aves, 2 - 0
Varzim - Sporting [B], 2 - 1
Benfica [B] - Farense, 2 - 0
Santa Clara - Feirense, 0 - 0

Sábado, 26 de Março de 2016
Freamunde - Sp. Covilhã, 1 - 0
Famalicão - Portimonense, 1 - 1
Leixões - Ac. Viseu, 1 - 1

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler