loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

«Portugal é favoritíssimo frente a uma Bulgária em construção», Vitinha

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

A Bulgária é atualmente uma seleção 'em construção, com jogadores de muita qualidade', mas Portugal é "favoritíssimo" a vencer o particular de sexta-feira, que se vai realizar em Leiria, disse à agência Lusa o futebolista Vitinha.
«Portugal é favoritíssimo frente a uma Bulgária em construção», Vitinha

O lateral-esquerdo do Ludogorets Razgrad, que está a cumprir a quinta temporada no campeonato búlgaro, alertou que, caso a formação de Fernando Santos "não leve o jogo a sério", pode ser surpreendida por uma nação que está "com muita vontade de mostrar que também tem bons valores".

"Portugal é favoritíssimo, disso não há dúvidas, mas, no futebol, os favoritos nem sempre jogam melhor e ganham, por isso, Portugal tem que levar o jogo a sério. Vai encontrar uma Bulgária cheia de vontade de mostrar que também é uma boa equipa e que vão querer fazer um bom jogo e alcançar um resultado positivo", considerou o jogador de 30 anos.

Vitinha destacou o seu colega de equipa Marcelinho, um avançado de origem brasileira que se vai estrear pelo búlgaros frente a Portugal, e Ivelin Popov, médio criativo que alinha no Spartak Moscovo, como os principais jogadores a ter em atenção pela seleção lusa.

"Portugal tem mesmo que levar a sério esta seleção, senão pode ter problemas. O futebol búlgaro está no bom caminho, está a crescer e as pessoas daqui estão cada vez mais a tentar ajudar que a seleção volte a ser aquilo que era há uns anos atrás, quando participava em mundiais e europeus", referiu.

Na Bulgária e no Ludogorets desde 2012, Vítor Tiago de Freitas Fernandes, mais conhecido como Vitinha, admitiu que os primeiros tempos "não foram fáceis", sobretudo por causa de uma "língua que é muito complicada de aprender", mas acabou por encontrar um plantel de jogadores que rapidamente de tornou numa "família".

"Nos dias de hoje, já consigo falar o suficiente para... estar bem. Somos um grupo unido e não sinto que seja tratado diferente por ser estrangeiro. Remamos todos para o mesmo lado e os resultados mostram isso mesmo", disse o lateral, referindo-se aos quatro campeonatos consecutivos conquistados pelo Ludogorets.

Com apenas 20 anos, Vitinha 'saltou' do Maria da Fonte, dos escalões inferiores, para o Cluj, do campeonato da Roménia, uma decisão que tomou na altura sobretudo pela falta de aposta dos principais clubes nacionais em jogadores portugueses.

"Não me arrependo da decisão que tomei quando deixei Portugal, até porque naquela altura não se apostava nos jovens portugueses, como se tem vindo a apostar agora, o que é de louvar", referiu.

Num país em que os adeptos e as claques vivem o futebol com muita intensidade (algumas vezes até demais), Vitinha contou um episódio que aconteceu num treino antes de um jogo com o Beroe, equipa que na última temporada acabou o campeonato no segundo lugar e esteve na luta pelo título.

"Na entrada para um treino, estavam adeptos do Beroe à nossa espera. Cuspiram, insultaram e tudo mais, até que quando estávamos prontos para treinar, começaram a atirar objetos e a ameaçar entrar no campo. Passado um bocado, entraram mesmo no campo e o resto pode-se imaginar", concluiu.

O Portugal-Bulgária, o primeiro de cinco jogos que a seleção lusa vai efetuar e que servem de preparação para a fase final do Euro2016, está agendado para sexta-feira, às 20:45, no Estádio Municipal de Leiria. Quatro dias depois, no mesmo palco, será a vez da formação das 'quinas' defrontar a Bélgica.

No Campeonato da Europa, que vai decorrer de 10 de junho a 10 de julho em França, Portugal vai disputar o grupo F com a Áustria, a Islândia e a Hungria.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página