loading

Crónica: Futebol Benfica agarra a Taça de Portugal e faz 'dobradinha'

Últimas Notícias

Mais vistas

Facebook

Sondagem

Quem vence a Bola de Ouro France Football 2018?

O Futebol Benfica conquistou hoje a Taça de Portugal de futebol feminino, alcançando a segunda ‘dobradinha’ seguida, depois de ter vencido na final o Valadares Gaia por 2-1, num jogo aberto e com incerteza até final.
Crónica: Futebol Benfica agarra a Taça de Portugal e faz 'dobradinha'

Depois de na temporada passada ter conquistado a primeira Taça de Portugal do seu historial, após ter vencido o Clube Albergaria (1-0), o Futebol Benfica voltou a vencer a ‘prova-rainha’ do futebol português.

No Estádio Nacional, a equipa lisboeta adiantou-se no marcador, aos 30 minutos, graças a um golo de Andreia Silva, e o Valadares chegou ao empate por intermédio de Cristina Ferreira, já no segundo tempo (57), mas Mafalda Marujo, aos 62, fez o 2-1 final favorável ao ‘Fó-Fó’.

Apesar de ter sido o Futebol Benfica a dispor da primeira ocasião para marcar, com Silvia Brunheira a cabecear por cima da baliza na sequência de um canto cobrado por Filipa Galvão, aos oito minutos, o Valadares foi quem esteve melhor nos primeiros 45 minutos.

Com mais posse de bola e domínio territorial, a formação de Gaia esteve perto de inaugurar o marcador aos 16 minutos, mas, já depois de ter ultrapassado a guarda-redes, Edite Fernandes viu a defesa Filipa Patão fazer um corte precioso em cima da linha de baliza.

A equipa de Lisboa respondeu e, depois de Patrícia Gouveia ter atirado à trave (22), as comandadas de Pedro Bouças, mais pragmáticas, inauguraram o marcador sobre a meia hora num contra-ataque ‘mortífero’ conduzido e finalizado por Andreia Silva.

O Valadares reagiu bem e logo no minuto seguinte atirou duas bolas à trave da baliza de Jamila Martins, ambas por Edite Fernandes, lances que comprovavam quer a superioridade quer a ineficácia da equipa de Gaia.

Contudo, o ‘Fó-Fó’ beneficiou de uma grande penalidade para aumentar a vantagem, após mão na bola de Ágata Filipa, mas na cobrança do castigo máximo Neide Simões levou a melhor ao defender o remate de Matilde Fidalgo, aos 40 minutos.

Nos primeiros minutos da etapa complementar o equilíbrio foi nota dominante, mas aos 57 o Valadares chegou ao golo do empate por intermédio de Cristina Ferreira, que de cabeça correspondeu da melhor maneira a um cruzamento de Mariana Azevedo.

Apesar de o empate ter dado alguma justiça ao marcador, o Futebol Benfica puxou dos ‘galões’ e, cinco minutos depois, voltou a colocar-se na frente. Andreia Veiga isolou Mafalda Marujo, que perante a saída de Neide Simões fez um chapéu com ‘conta peso e medida’.

Novamente em desvantagem o Valadares abriu o jogo, foi à procura do golo e beneficiou de várias ocasiões para chegar ao empate, mas não conseguiu inverter o resultado.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Pode gostar de ler

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página