loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Agentes do futebol falam em consenso na reeleição de Fernando Gomes

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, elogiou hoje o trabalho feito por Fernando Gomes, que culminou na reeleição do presidente da Federação, opinião corroborada pelos líderes de Rio Ave e Nacional.
Agentes do futebol falam em consenso na reeleição de Fernando Gomes

"O consenso à volta de Fernando Gomes é inequívoco, há obra feita. O que esperamos é que se dê continuidade. Por parte do futebol profissional há um grande apoio", destacou aos jornalistas Pedro Proença, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Dentro das ‘bandeiras’ eleitorais de Fernando Gomes, Proença elogiou a introdução dos meios tecnológicos no futebol.

"Estamos na vanguarda da introdução dos meios tecnológicos. Estes mecanismos ajudam à verdade desportiva e é um sinal de reconhecimento que o futebol português está num bom caminho. A Supertaça e Taça da Liga serão incorporadas neste tipo de trabalho que vai acontecer nas próximas duas temporadas. O importante é perceber que o futebol português foi reconhecido para ser pioneiro nos testes, um trabalho profícuo entre FPP e Liga", afirmou.

Já António Silva Campos, presidente do Rio Ave, que votou na qualidade de delegado da Liga, destacou o consenso na reeleição de Fernando Gomes.

"Foi uma eleição pacífica, lista única, há consenso, a reeleição de Fernando Gomes existe pelo trabalho desenvolvido, que tem dignificado muito o futebol nacional, pelo trabalho dele e da sua equipa, acho que é justo", descreveu.

Rui Alves, presidente do Nacional, alinhou na mesma ideia do líder vila-condense: "Neste momento, há um consenso geral dos intervenientes do futebol na liderança da FPF. Acho que Fernando Gomes é a pessoa certa no lugar certo e é pacífica esta liderança na federação".

Fernando Gomes foi reeleito hoje presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), até 2020, na Assembleia Geral eleitoral do organismo, à qual concorreu sem oposição.

O dirigente da FPF recebeu 70 votos dos 76 delegados, de um total de 84 (92 por cento), que exerceram o direito de voto. A lista da Direção teve também seis votos em branco.

Líder da FPF desde 2011, Fernando Gomes apresentou-se ao ato eleitoral praticamente com a mesma equipa, exceção feita às presidências do Conselho de Arbitragem (CA), com José Fontelas Gomes no lugar de Vítor Pereira, e do Conselho de Disciplina (CD), com José Manuel Meirim em vez de Herculano Lima.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página