loading

Crónica: Itália desbloqueia jogo tático perante Suécia com golo de Eder

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

Um golo do avançado Eder, um brasileiro naturalizado, aos 88 minutos, valeu hoje à Itália um difícil triunfo sobre a Suécia (1-0) e o apuramento prematuro para os oitavos de final do Europeu de futebol de 2016.

Crónica: Itália desbloqueia jogo tático perante Suécia com golo de Eder

Em Toulouse, o jogador nascido há 29 anos na localidade brasileira de Lauro Müller desbloqueou um jogo muito tático, com raras oportunidades e em que os transalpinos acabaram por ser melhores na parte final.

Os comandados de Antonio Conte fizeram a primeira ameaça aos 82 minutos, num cabeceamento de Parolo à barra, e, à segunda, marcaram, aos 88, num ‘slalom’ de Eder finalizado com um colocado remate de pé direito, depois de um lançamento lateral de Chiellini e um toque de cabeça de Zaza.

Mesmo a acabar, aos 90+4 minutos, o jogo ainda podia ter mudado, mas o árbitro não terá visto Bonucci puxar a camisola de Granqvist, na área transalpina.

Em relação à estreia, a Itália (2-0 à Bélgica) trocou Darmian por Florenzi, enquanto a Suécia entrou com o ‘onze’ que acabou o jogo com a República da Irlanda (1-1), incluindo o benfiquista Victor Lindelöf como lateral direito.

O encontro começou equilibrado, com os suecos mais tempo com a bola e os transalpinos mais na expetativa, tendência que se manteve até ao intervalo, após 45 minutos longe das balizas e sem uma verdadeira ocasião de golo.

Um remate de Pellè, logo aos 49 minutos, parecia trazer uma ‘nova’ Itália, mas o jogo voltou ao mesmo, com escassas jogadas de perigo, mesmo relativo, merecendo apenas referência um remate de Candreva, sem ângulo, aos 64.

Na parte final, a formação italiana começou a mostrar mais vontade de ganhar e, aos 82 minutos, quase marcou, num cabeceamento de Parolo à barra, depois de um centro milimétrico da esquerda de Giaccherini.

À segunda oportunidade, a Itália marcou mesmo, aos 88 minutos: Chiellini marcou rapidamente um lançamento lateral, Zaza tocou de cabeça para Eder e este fletiu da esquerda para o meio, tirou vários suecos da frente e marcou com um colocado remate de pé direito, para a esquerda de Isaksson.

Com muito pouco tempo para jogar, a Suécia ainda tentou, no ‘chuveirinho’ para a área, chegar à igualdade e, aos 90+4 minutos, Bonucci agarrou Granqvista na área, quando este tentava aproveitar uma assistência de Ibrahimovic, mas o húngaro Viktor Kassar marcou falta ofensiva.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página