loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Crónica: Sporting confirma primeiro título feminino com goleada ao Boavista

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

A formação feminina do Sporting sagrou-se hoje campeã nacional ao vencer por 6-1 em casa do Boavista, na 25.ª e penúltima jornada da liga, uma prova em que os ‘leões’ são estreantes, mas seguem invictos.
Crónica: Sporting confirma primeiro título feminino com goleada ao Boavista

Os golos do Sporting foram apontados por Fátima Pinto (12 minutos), Tatiana Pinto (30), Diana Silva (33 e 40) e Ana Capeta (68 e 71), enquanto para o Boavista marcou Cláudia Lima (79).

Com Bruno de Carvalho na bancada as jogadoras às ordens de Nuno Cristóvão sagraram-se campeãs nacionais no primeiro ano em que o Sporting apostou no futebol feminino, roubando o título ao Futebol Benfica.

Um remate forte e colocado de Solange Carvalhas, aos sete minutos, que saiu ao lado, mostrou cedo que a formação lisboeta estava decidida a resolver a partida com convicção e sem dar grandes hipóteses à turma boavisteira.

E o primeiro golo surgiu aos 12 minutos, com Fátima Pinto terminar um bom cruzamento de Ana Borges, jogadora internacional que joga no Sporting por empréstimo do Chelsea que voltou a cruzar de forma certeira para Tatiana Pinto fazer o 2-0 aos 30 minutos.

O Boavista respondeu com um remate de Cláudia Lima para fora, após cruzamento de Rita Pereira, aos 31 minutos, mas ao intervalo o Sporting já vencia 4-0 graças a mais dois golos, ambos de Diana Silva (33 e 40 minutos), uma jogadora que se evidenciou muito pela velocidade.

No arranque da segunda parte, Ana Paula Silva podia ter feito o 4-1, mas a tarde estava definitivamente reservada ao Sporting que fez saltar do banco Ana Capeta que também ‘bisou’, com golos aos 68 e 71 minutos, ambos após passe de Diana Silva.

A equipa orientada por Alfredina Silva ainda conseguiu o golo de honra, apontado por Cláudia Lima, aos 79 minutos, que arrancou muitos festejos da audiência que incluía quer Álvaro Braga Júnior, responsável pela SAD ‘axadrezada’, quer João Loureiro, presidente do clube portuense.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler