Taça de Portugal: Vila Real - UD Oliveirense (Declarações)

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações dos treinadores do Sport Clube de Vila Real e da União Desportiva Oliveirense, após o jogo da segunda eliminatória da Taça de Portugal de futebol, que terminou com a vitória da equipa transmontana por 1-0.
Taça de Portugal: Vila Real - UD Oliveirense (Declarações)

Nuno Pinto (treinador do Vila Real): “Como já esperávamos foi um jogo com um grau de dificuldade muito elevado, é uma equipa de II Liga, com excelentes profissionais e muito bem orientada.

Criaram-nos grandes problemas, obrigaram-nos a trabalhar muito, a ser muito organizados, a ter um bloco mais baixo do que o que queríamos, fomos obrigados pela qualidade individual deles e deu-nos muito trabalho e foi preciso muita consistência defensiva para poder aguentar as ofensivas deles.

O importante era manter a organização defensiva, uma boa coesão, uma equipa sempre junta, para depois partir, numa situação ou noutra tentar aproveitar os pontos fracos que eles também têm.

No próximo jogo da Taça de Portugal, acima de tudo, queríamos jogar em casa com os nossos adeptos e de preferência um 'grande', todos nós almejamos jogar com os melhores clubes.”

Pedro Miguel (treinador da UD Oliveirense): “Já estávamos alertados para esta situação, tínhamos tudo a perder e praticamente nada a ganhar e não fomos suficientemente agressivos em procurar a baliza contrária.

O Vila real fez o seu jogo de estratégia, defendeu, defendeu bem, tem mérito. Mas nós tivemos poucas oportunidades, fruto de não termos conseguido fazer um golo e tentar abrir o jogo ao Vila Real e obrigar a fazer um jogo diferente. Por isso, nós perdemos por culpa própria e também mérito do Vila Real, porque soube defender e defendeu bem e foi uma equipa organizada e depois aproveitou um erro nosso e naquela altura já não tínhamos quase margem para recuperar.

Nós estávamos avisados para uma equipa jovem, que iria correr bem, ia à procura do resultado, nós fizemos algumas alterações e acreditávamos que os jogadores iriam dar uma boa resposta.

Vou dar os parabéns ao Vila Real, porque ganhou, fez pela vida e está de parabéns, temos que saber perder e temos que arregaçar as mangas, vestir o fato da humildade que nunca fez mal a ninguém.”

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página