loading

Jéssica Silva diz sentir uma «alegria imensa» em regressar à seleção

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

A futebolista Jéssica Silva garantiu hoje sentir uma “alegria imensa” em regressar à seleção, depois de ter falhado o Europeu por lesão, assegurando que Portugal quer mostrar toda a sua qualidade no apuramento para o Mundial2019.

Jéssica Silva diz sentir uma «alegria imensa» em regressar à seleção

É um orgulho tremendo voltar a estar com elas, a treinar com elas, é uma alegria imensa fazer parte deste grupo do qual eu gosto tanto. Fico sempre super feliz quando estou aqui”, disse a avançada, no final do segundo treino do estágio para a estreia no apuramento para o Mundial2019.

Jéssica Silva, que falhou o Europeu disputado em julho passado devido a lesão, admite que não foi fácil assistir à distância à estreia lusa em fases finais de competições continentais de seleções.

Não foi fácil [ver o Europeu no sofá], mas a prestação delas ajudou-me a ultrapassar a tristeza porque elas estiveram lá e jogaram sempre muito bem e eu senti, de uma forma diferente, mas quase como se lá estivesse”, admitiu a jogadora, que esta época se transferiu do Sporting de Braga para as espanholas do Levante.

A jogadora, que hoje recebeu o prémio relativo ao Melhor 11 da época 2016/2017 do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol, considerou que o grupo no qual Portugal vai disputar o apuramento para o Mundial2019 “é forte e com algum equilíbrio”.

É um grupo com seleções muito fortes, mas com algum equilíbrio. Não podemos olhar só para o ‘ranking’. Sabemos que todas as seleções podem roubar pontos uma às outras”, disse a jogadora, numa análise ao grupo 6, que, junta a Portugal as seleções da Bélgica, da Itália, da Roménia e da Moldávia.

Portugal vai estrear-se no apuramento para o Mundial de França a 24 de outubro, em Penafiel, frente à congénere da Bélgica, num jogo no qual para o qual, segundo Jéssica Silva, “a equipa está totalmente concentrada”.

Agora temos a Bélgica, e é na Bélgica que estamos concentradas, vamos ao tentar ao máximo contrariar dificuldades e mostrar o que temos vindo a mostrar que é a nossa qualidade”, disse, acrescentando: “Queremos entrar para o jogo a saber que podemos ganhar”.

A avançada, de 22 anos, admitiu que a presença na fase final do Europeu, na qual Portugal venceu um encontro e perdeu dois, colocou a seleção lusa “noutro patamar”.

Sabemos que estamos noutro patamar, toda a gente olha para nós de uma maneira diferente, melhor e mais positiva. Estamos cientes da nossa qualidade, daquilo que fizemos para chegar àquele patamar e agora o nosso trabalho passa por mostrar que temos qualidade para evoluir”, referiu.

A nível individual Jéssica Silva mostrou-se bastante satisfeita por ter conseguido estrear-se com dois golos no com a camisola do Levante, apesar de a equipa ter empatado 5-5 com o Sevilha.

Marcar dois golos na estreia foi muito importante para mim. Foi fantástico ter marcado e não vou parar por aqui. Foi bom também para perceberem que gosto de marcar golos e que estou a jogar no sentido de ajudar a equipa”, afirmou.

A seleção portuguesa iniciou na segunda-feira um estágio de preparação para o primeiro jogo de qualificação para o Mundial2019, frente à Bélgica, que se disputa no estádio municipal 25 de Abril, em Penafiel, a partir das 17:00, na próxima terça-feira, dia 24.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página