loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Manchester City bate rival United e recorde de vitórias em Inglaterra

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem irá conquistar a Taça de Portugal?

O Manchester City aproximou-se hoje mais da conquista do título inglês de futebol, ao vencer por 2-1 no estádio do perseguidor Manchester United, batendo o recorde de vitórias consecutivas na mesma época na Primeira Liga.
Manchester City bate rival United e recorde de vitórias em Inglaterra

O 14.º triunfo seguido na prova, obtido no estádio do rival citadino, permitiu ao City aumentar para 11 pontos a vantagem sobre a equipa treinada pelo português José Mourinho e bater o recorde de 13 vitórias consecutivas que o Arsenal estabeleceu em 2001/2002 e o Chelsea reeditou em 2016/2017.

Em 129 anos de história do campeonato inglês, apenas o Arsenal tinha cometido a proeza de conquistar 14 triunfos consecutivos, mas ao longo de duas temporadas, pois, às 13 alcançadas 2001/2002, somou mais uma na época seguinte, sob o comando do atual treinador, o francês Arsène Wenger.

O City apenas recolheu os dividendos do seu domínio durante a primeira parte aos 43 minutos, quando o médio espanhol David Silva inaugurou o marcador, mas os anfitriões conseguiram restabelecer o empate ainda antes do intervalo, aos 45+2, pelo avançado Marcus Rashford.

A segunda parte foi mais equilibrada e pertenceu ao defesa argentino Nicolas Otamendi o golo da vitória dos visitantes, aos 54 minutos, aproveitando um ressalto, na sequência de um lance de bola parada, muito semelhante ao que originou o tento inicial.

Se o jogo teve apenas três golos, isso ficou a dever-se ao desempenho dos guarda-redes das duas equipas, o brasileiro Ederson, ex-jogador do Benfica, e o espanhol David de Gea, que no período de compensação evitou o golo do recém-entrado avançado português Bernardo Silva.

Horas antes, o Liverpool tinha falhado a possibilidade de apanhar o campeão Chelsea no terceiro lugar da competição, ao empatar 1-1 na receção ao rival citadino Everton.

Os ‘reds’ inauguraram o marcador aos 42 minutos, através do médio egípcio Mohamed Salah, que concretizou o 13.º golo e se isolou no comando da lista dos melhores marcadores, mas os visitantes restabeleceram a igualdade aos 77, graças a uma grande penalidade concretizada por Wayne Rooney.

O Liverpool manteve-se na quarta posição, a dois pontos do Chelsea, que no sábado perdeu de forma surpreendente com o West Ham, por 1-0, e com mais um em relação ao Arsenal, que hoje não foi além de um empate 1-1 no recinto do Southampton.

A equipa anfitriã entrou praticamente a ganhar, graças a um golo marcado logo aos três minutos pelo médio Charlie Austin, e os ‘gunners’ apenas conseguiram salvar um magro ponto porque o ponta de lança francês Olivier Giroud restabeleceu o empate aos 88.

Programa da jornada:

Sábado, 9 de Dezembro de 2017
West Ham - Chelsea, 1 - 0
Crystal Palace - AFC Bournemouth, 2 - 2
Swansea City - WBA, 1 - 0
Burnley - Watford, 1 - 0
Huddersfield Town - Brighton, 2 - 0
Tottenham - Stoke City, 5 - 1
Newcastle - Leicester, 2 - 3

Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Southampton - Arsenal, 1 - 1
Liverpool - Everton, 1 - 1
Man Utd - Man City, 1 - 2

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler