Caro visitante,

Reparámos que tem um Ad Blocker (software de bloqueio de publicidade) ativo.

A informação tem valor. O Futebol 365 disponibiliza todos os seus conteúdos de forma gratuita e de livre acesso. Os anúncios ajudam-nos a pagar a informação que consulta todos os dias. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker apenas para o Futebol 365.

Esperamos a sua compreensão.

Obrigado.
Futebol 365
I Liga: FC Porto defende liderança face ao Rio Ave, após 'desastre' europeu
por José Pestana c/Lusa, publicado a 15-02-2018 às 08:28
O FC Porto defende a liderança da I Liga portuguesa de futebol na receção ao Rio Ave, numa 23.ª jornada em que o Benfica é anfitrião do seu único ‘carrasco’, o Boavista, e o Sporting joga em Tondela.

Os ‘encarnados’ (53 pontos) começam primeiro, no sábado, e podem chegar, à condição, ao topo, pois os ‘dragões’ (55, com meio jogo em atraso) só jogam no domingo, enquanto os ‘leões’ (53) fecham a ronda na segunda-feira, após longa viagem a Astana.

As emoções arrancam, assim, na Luz, onde os tetracampeões em título procuram completar uma volta sem perder, frente à equipa que lhe aplicou o único desaire (1-2), selado por um ‘frango’ de Bruno Varela, aos 74 minutos.

Depois do desaire no Bessa, o Benfica somou 12 vitórias e quatro empates, um deles em casa (1-1 com o Sporting), onde conta nove triunfos em 10 jogos.

Rui Vitória não terá os lesionados Krovinovic e Salvio e tem Jonas, melhor marcador do campeonato, em dúvida, enquanto Jorge Simão, que se estreou pelo Boavista face ao Benfica e já ‘trepou’ até ao sexto posto, comanda um conjunto quase na máxima força e moralizado, após o 1-0 ao Vitória de Guimarães.

Na memória coletiva, ainda estará o encontro da época passada: após 25 minutos, e muita polémica à mistura, o conjunto do Bessa vencia por 3-0, com o Benfica a chegar ainda ao 3-3.

Caso consigam vencer, as ‘águias’ passam para o comando, cabendo ao FC Porto, de Sérgio Conceição, responder no domingo, na receção ao Rio Ave, depois do desastre de quarta-feira face ao Liverpool, que goleou no Dragão por inapeláveis 0-5.

Os portistas, que somavam 24 jogos sem perder, desde 17 de outubro (2-3 em Leipzig), sofreram na primeira mão dois oitavos de final da Liga dos Campeões a mais pesada derrota caseira nas taças europeia da sua história.

É na ressaca deste ‘pesadelo’ que única equipa invicta na I Liga, com 17 vitórias e quatro empates, procura o oitavo triunfo nos últimos nove jogos, sabendo que, três dias depois, tem importantes 45 minutos para cumprir no Estoril, onde perde por 1-0 ao intervalo, no jogo interrompido da 18.ª ronda.

Instalada no quinto posto, a formação de Vila do Conde pontuou em mais de metade dos jogos fora, e somou quatro triunfos, mas no Dragão manda o FC Porto, que ganhou 10 dos 11 jogos, só não conseguindo marcar e ganhar ao Benfica (0-0).

Na segunda-feira, será a vez do Sporting, que vai procurar acabar em Tondela com uma série de três jogos fora sem vencer – empatou a um na Luz e no Bonfim e perdeu por 2-0 na Amoreira -, que o fizeram cair do primeiro para o terceiro lugar.

Pelo quinto jogo consecutivo, em todas as provas, o treinador Jorge Jesus poderá ainda não ter o avançado Bas Dost, o melhor marcador da equipa e segundo do campeonato, que recupera de uma contusão na grelha costal direita.

Com ou sem o goleador holandês, o Sporting está ‘obrigado’ a somar o sétimo triunfo fora, em 11 jogos, perante um conjunto que não tem sido forte em casa (três triunfos, dois empates e seis derrotas), mas vem de um triunfo (2-0 em Paços de Ferreira).

A ronda 23, que arranca na sexta-feira com a receção do Feirense - que perdeu os últimos três jogos - ao Portimonense, tem mais um jogo ‘grande’, o dérbi do Minho, no domingo, em Guimarães, onde o Vitória, em baixa, recebe o Sporting de Braga, em alta.

Com seis derrotas nos últimos oito jogos, os vitorianos apresentam-se ‘inferiorizados’, sobretudo face aos 17 pontos a menos do que o rival, um conjunto ‘arsenalista’ que venceu 13 dos derradeiros 17 jogos, cedendo apenas pontos em Alvalade (2-2), no Funchal (0-1), com o Benfica (1-3) e no Dragão (1-3).

Em todos os outros encontros, joga-se a manutenção, numa ronda em que o 18.º e último, o Vitória de Setúbal, pode igualar o 12.º, o Paços de Ferreira, caso bate a equipa nortenha, para a segunda vitória nos derradeiros 14 jogos, no Bonfim.

Por seu lado, o Moreirense (17.º), com o terceiro treinador da época, o regressado Petit, recebe o tranquilo Desportivo de Chaves, enquanto o Desportivo das Aves (16.º) é anfitrião de um Marítimo que já soma oito rondas sem ganhar.

Num embate entre iguais, pelos 21 pontos que somam, medem ainda forçar, no Estoril, uns ‘canarinhos’ empolgados por três triunfos consecutivos e um Belenenses que não saboreou qualquer triunfo nas últimas 12 rondas (cinco empates e sete derrotas).

Programa da jornada:

Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2018
Feirense - Portimonense, 1 - 3

Sábado, 17 de Fevereiro de 2018
Desp. Aves - Marítimo, 0 - 0
Benfica - Boavista, 4 - 0
Estoril - Belenenses, 0 - 2

Domingo, 18 de Fevereiro de 2018
V. Setúbal - Paços Ferreira, 1 - 0
Moreirense - Desp. Chaves, 0 - 1
FC Porto - Rio Ave, 5 - 0
V. Guimarães - Sp. Braga, 0 - 5

Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018
Tondela - Sporting, 1 - 2

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.
Notícias Relacionadas
Comentários
JOGOS E RESULTADOS
loading
A carregar...
F365 NO FACEBOOK
SONDAGEM
Acredita que o FC Porto tenha comprado os e-mails do Benfica a Rui Pinto?
© 1997-2018 Futebol 365
Todos os direitos reservados