loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Neymar ainda sofre o efeito negativo da Copa

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o calendário mais difícil até final da temporada?

Neymar é um dos jogadores de futebol mais conhecidos do mundo. O atleta de 25 anos começou sua carreira no Santos e hoje é um dos mais bem pagos do Paris Saint-German.
Neymar ainda sofre o efeito negativo da Copa

Mas além de seu salário com números expressivos (40 milhões de euros por ano), outra grande fonte de renda do Neymar são as campanhas publicitárias – em 2016, por exemplo, o jogador faturou 222 milhões de euros participando de propagandas para diversas marcas.

Porém, desde a última Copa do Mundo a imagem de Neymar está arranhada. A eliminação do Brasil nas quartas de final pegou muita gente de surpresa. Em inúmeras casas de apostas nossa seleção era cotada para ser a grande campeã, especialmente por seu bom desempenho nos jogos anteriores. As apostas no futebol brasileiro seguiram em alta enquanto a seleção jogou e muitos apostadores conseguiram um bom resultado nas partidas específicas. Porém, os torcedores sentiram muito a queda do Brasil. Neymar talvez tenha sentido ainda mais - mas de uma outra forma.

Chacota com Neymar

Muitos momentos ficaram marcados na mente dos torcedores nesta Copa do Mundo da Rússia. Sem dúvidas, entre os tópicos mais falados estavam as constantes quedas de Neymar. Motivo de chacota, os “memes” com cenas do atleta tendo uma reação exagerada após uma queda rapidamente viralizaram nas redes sociais. Nas publicações, muitos comentários falavam que apesar do talento, esse tipo de comportamento tira a credibilidade do jogador.

Falem bem ou falem mal

Em uma pesquisa a nível mundial realizada pela empresa Kantar Sports, descobriu-se que Neymar foi mencionado em 25 milhões de publicações nas redes sociais, considerando Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Porém, na maioria dos casos, o conteúdo era uma crítica ou algum comentário negativo.

Em termos de publicidade, muitas empresas se baseiam somente no número de citações para contratar algum atleta para fazer parte de suas propagandas. Nesse caso, por mais que tenha mais assunto negativo do que positivo, Neymar ainda leva vantagem por estar sendo falado. Ou seja, a crítica também gera publicidade e presença de imagem.

Por outro lado, ter uma imagem arranhada para alguém que tem uma renda que ultrapassa os gramados, pode resultar na diminuição de ganho. Ainda que ele esteja entre os mais seguidos do mundo em plataformas como Instagram, se sua imagem não passar credibilidade, poucos serão verdadeiramente influenciados. Prova disso foi a campanha feita às pressas pela Gilette após a derrota do Brasil na Copa do Mundo, em que Neymar narra um texto sobre ser um novo homem todo dia. A peça caiu mal e gerou ainda mais críticas.

O futuro de Neymar

Desde a Copa do Mundo, muito tem-se falado sobre a permanência de Neymar no clube francês. Isso porque, o jogador não é unanimidade entre os torcedores do clube. Após Brasil, Estados Unidos e México, a França foi o país que mais criticou Neymar, possivelmente motivada por seu desempenho no PSG, em que na última temporada ficou três meses sem jogar, teve lesões e teve atritos com jogadores e técnico.

Existem especulações que apontam que Neymar esteja em fase de mudança, voltando para o Barcelona. Alguns jogadores do clube espanhol já se posicionaram, como Gerard Piqué, que acredita que uma volta do jogador para o Barcelona seria difícil para o próprio.

Consequência da Copa

Embora seja impossível prever o que vai acontecer com Neymar, se ele fica ou não no PSG, certamente o atacante já está trabalhando com uma equipe especializada para melhorar sua imagem. Uma primeira estratégia é diminuir o número de aparições em propagandas, algo que já está acontecendo. A verdade é que Neymar precisa se recuperar dentro do campo, para voltar mais forte fora dele.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler