loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Síntese: Benfica cumpriu objetivo 'mínimo', Real 'humilhado' em Madrid

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o adversário mais acessível nas competições europeias?

O Benfica despediu-se da fase de grupos da Liga dos Campeões de futebol com uma vitória de 1-0 sobre o AEK, terminando no terceiro lugar do grupo E e garantindo o objetivo de ser cabeça de série na Liga Europa.
Síntese: Benfica cumpriu objetivo 'mínimo', Real 'humilhado' em Madrid

A sexta e última jornada da fase de grupos da competição fica ainda marcada pela invulgar goleada sofrida pelo Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu, 3-0 ante o CSKA, maior derrota caseira de sempre do campeão europeu, que não impede o apuramento dos 'merengues' em primeiro do grupo G.

No estádio da Luz, foi preciso esperar até ao minuto 88 para o Benfica chegar ao golo, através de um livre direto de Grimaudo. Uma vitória justa, mas 'sofrida', que até poderia ser mais dilatada, não fosse Seferovic ter enviado duas bolas 'aos ferros'.

Para os 'encarnados', que já sabiam que seriam terceiros no grupo, o jogo valia pelos milhões da vitória e ainda pelo 'carimbo' de cabeça de série da Liga Europa, conseguido com mérito próprio, mas também com o empate do Lyon na Ucrânia, que penalizou na corrida dos melhores terceiros o Shakthar Donetsk, de Paulo Fonseca.

Com os resultados já conhecidos, o Benfica evita, nos 16 avos da Liga Europa, equipas como Nápoles, Inter, Chelsea, Valência, Zenit, Eintracht Frankfurt, Salburgo, Dinamo de Zagreb ou Dínamo de Kiev.

Ao mesmo tempo que se jogava em Lisboa, em Amesterdão, com o primeiro lugar do grupo E em questão, Ajax e Bayern protagonizavam um jogo emocionante, com várias alterações de comando no marcador, que terminou empatado 3-3.

O Bayern ganha o grupo, com 14 pontos, e o Ajax é segundo com 12. O Benfica é terceiro, com sete, e o AEK último, sem pontos, o pior registo dos oito grupos.

No grupo G, Real Madrid e Roma já sabiam que passavam, por esta ordem. Certamente não imaginavam que fechavam esta fase da competição com derrotas ante equipas muito mais fracas.

Noite negra para os 'merengues', vergados por inusitados 3-0 pelo CSKA, em Madrid. Menos traumático, por certo, o 2-1 do Viktoria Plzen-Roma.

Checos e russos, que entravam na jornada com quatro pontos, perseguiam a Liga Europa, que acaba por sorrir à equipa de Plzen pelo confronto direto. Real e Roma mantiveram os pontos, respetivamente 12 e 9.

Em Kiev havia uma 'final' por uma vaga no grupo F, entre o Shakhtar Donetsk, de Paulo Fonseca, e o Lyon, que acabou por 'sorrir' aos visitantes, graças ao empate 1-1.

O Lyon fica com oito pontos e acompanha o Manchester City (13 pontos, após o 2-1 ao Hoffenheim), o clube de Donetsk, com seis pontos, caiu para a Liga Europa, onde nem sequer será cabeça de série.

No grupo H, também houve resultados inesperados, que quase nada mudaram as coisas, nomeadamente o apuramento dos hoje derrotados Juventus e Manchester United.

Ao ganhar por 2-1 ao United, de José Mourinho, o Valência fecha em terceiro e avança para a Liga Europa como cabeça de série, graças aos oito pontos obtidos.

Em Berna, o Young Boys conseguiu a sua primeira vitória e logo contra o 'colosso' Juventus, por 2-1. Cristiano Ronaldo não marcou, mas assistiu Dybala no golo.

Juventus ganha o grupo, com 12 pontos, o Manchester United é terceiro.

Apuraram-se Bayern, Ajax, Manchester City, Lyon, Real Madrid, Roma, Juventus e Manchester City. Descem à Liga Europa Benfica, Shakhtar, Viktoria Plzen e Valência.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler