loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

LE: Sporting 3-0 Vorskla Poltava (declarações)

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o adversário mais acessível nas competições europeias?

Declarações após o jogo Sporting - Vorskla Poltava (3-0), em jogo da sexta jornada da Liga Europa em futebol.
LE: Sporting 3-0 Vorskla Poltava (declarações)

Bruno Paz (Jogador do Sporting): “Fiquei muito contente pela minha estreia, é um sonho realizado, agora vou continuar a trabalhar. Jogar em Alvalade é diferente. Houve nervosismo e ansiedade. O símbolo está aqui e lutamos até ao fim pelo Sporting.

A experiência dos jogadores mais velhos do Sporting foi muito importante, são pessoas espetaculares. Eles e são muito importantes para o meu futuro. Acho que o Sporting vai longe na Liga Europa”.

Thierry Correia (Jogador do Sporting): “Estou muito contente pela oportunidade que me foi dada, mas estou muito focado nos sub-23 do Sporting. Vou continuar a trabalhar para ter mais oportunidades.

É claro que há pressão por jogar na equipa principal, mas o apoio de todos os adeptos e colegas de equipa tem sido espetacular.

Marcel Keizer é um treinador que gosta de ter a posse de bola, gosta de pressionar na frente e por isso é que temos feito golos.

É importante os jogadores mais velhos do Sporting transmitirem-nos confiança. Sou um jogador agressivo, com muita ambição e é isso que tenho transmitido nos treinos”.

Nicolas Careca (Jogador do Vorskla Poltava): “Infelizmente não conseguimos travar o contra-ataque do Sporting e acabámos por sofrer os golos.

Somos inferiores ao Sporting. Isso nem se questiona. O Sporting está acostumado a jogar na Liga dos Campeões. Infelizmente hoje fomos goleados.

É a minha primeira oportunidade fora do Brasil. Nunca tinha saído. Estou feliz por ter jogado na Liga Europa. Fica a experiência. Quem sabe daqui uns tempos poderei disputar novamente a Liga Europa.

Acredito que possa jogar um dia em Portugal. Já tive a oportunidade de vir para o Rio Ave há duas temporadas, mas não foi possível e passei a profissional do Grémio”.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler