loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

II Liga: Filipe Gouveia demitido no Leixões após derrota com Cova da Piedade

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o adversário mais acessível nas competições europeias?

Filipe Gouveia deixou hoje o cargo de treinador do Leixões, da II Liga portuguesa de futebol, após a derrota frente ao Cova da Piedade por 2-1, anunciou o presidente da SAD, Paulo Lopo, em conferência de imprensa.
II Liga: Filipe Gouveia demitido no Leixões após derrota com Cova da Piedade

Após o terceiro desaire consecutivo na competição e uma forte contestação nas bancadas, o líder da SAD foi à sala de imprensa do Estádio do Mar anunciar ter conversado com o treinador.

"Tentei de todas as formas que houvesse estabilidade na equipa e também na equipa técnica, mas os resultados têm sido muito aquém do esperado", disse o responsável da SAD, antes de dar conta de "uma conversa com o treinador logo após o final do jogo para dar conta da saída" de Filipe Gouveia no cargo.

Garantindo que no próximo jogo, frente à Académica, "já não será este treinador a estar no banco de suplentes", Paulo Lopo assegurou ainda "não ter opções" para suceder no cargo a Filipe Gouveia.

Antes, na análise à partida, Filipe Gouveia afirmara "que não seria um problema, mas sim a solução" para o Leixões que, fruto da derrota de hoje caiu para o 13.º lugar, com 15 pontos, três pontos acima da linha de despromoção.

"Gostaria de poder continuar, mas se não for possível, iremos conversar e chegar a um acordo", acrescentou o técnico que sai de Matosinhos com quatro vitórias, três empates e seis derrotas, e depois de na quarta-feira ter apurado a equipa para os quartos de final da Taça de Portugal, após derrotar o Tondela, da I Liga, nos penáltis, por 4-2, após 2-2 no final do prolongamento.

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler