loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Crónica: Rodrigo Pinho entrega vitória ao Marítimo no duelo com Boavista

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o adversário mais acessível nas competições europeias?

O Marítimo venceu hoje o Boavista por 1-0, em jogo da 17.ª jornada da I liga portuguesa de futebol, decidido com um golo solitário de Rodrigo Pinho, que deu o segundo triunfo consecutivo à equipa madeirense.
Crónica: Rodrigo Pinho entrega vitória ao Marítimo no duelo com Boavista

Avançado brasileiro desequilibrou o desafio aos 53 minutos, marcando um tento de belo efeito que quebrou o ascendente que os ‘axadreazados' tinham protagonizado até então.

Com este triunfo, o Marítimo ultrapassou o adversário desta noite na classificação, subindo ao 14.º lugar, agora com 17 pontos, relegando as ‘panteras', que encaixaram a segunda derrota consecutiva, para o 15.º posto com 15.

Os nortenhos até entraram com mais garra no desafio, pressionando, desde cedo, o adversário e criando os primeiros apuros para o guarda-redes Charles, em lances de bola parada, em que a defesa insular sentiu dificuldades para acertar na marcação.

Rafael Lopes e Neris, num par de cabeceamentos, deixaram os primeiros avisos a um Marítimo que só perto dos 20 minutos conseguiu soltar-se, para, de contra-ataque, tentar contrapor.

Rodrigo Pinho pautou-se, então, como o mais inconformado dos madeirenses, protagonizando dois remates perigosos, na sequência de jogadas de envolvimento, que apenas pecaram na finalização.

O Boavista não se intimidou com o atrevimento contrário e, jogando mais vezes no meio-campo maritimista, criou as melhores oportunidades desta etapa inicial, num remate de André Claro, aos 31, que saiu um pouco por cima, e num cabeceamento de Neris, aos 41, que mereceu defesa atenta de Charles, mantendo o nulo ao intervalo.

Na reentrada para o segundo tempo, os ‘axadrezados' tentaram imitar a postura mais pressionante e ainda conseguiram esboçar um remate perigoso, novamente por André Claro, aos 48, que Charles voltou a bloquear.

Mas o Marítimo também surgiu mais afoito e, já depois de Correa ter deixado um primeiro aviso, num remate ao lado, os madeirenses chegaram mesmo à vantagem, aos 53, num ‘chapéu' de belo efeito protagonizado por Rodrigo Pinho, após solicitação de Joel Tagueu.

O tento dos visitantes desestabilizou o Boavista que perdeu a garra e consistência demonstrada até então, deixando-se enredar pelo futebol de maior contenção dos madeirenses, que ia limitando a ação dos atacantes boavisteiros.

Nesta toada, só na parte final do encontro é que o Boavista conseguiu uma reação contundente, e depois de Neris ter obrigado, de novo, Charles a defesa atenta, surgiu o caso do jogo, já aos 90+6.

Na sequência de um livre, Mateus, num remate de longe, que desviou num defesa insular, introduziu a bola na baliza maritimista, mas o golo acabou anulado com recurso ao VAR, alegadamente por um fora de jogo posicional de Talocha, numa decisão, muito contestada pelos locais, mas que não alterou o 1-0 final.

Programa da jornada:

Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2019
Portimonense - Sp. Braga, 1 - 1

Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2019
Desp. Aves - Feirense, 1 - 1
Santa Clara - Benfica, 0 - 2
V. Guimarães - Moreirense, 1 - 0

Sábado, 12 de Janeiro de 2019
Sporting - FC Porto, 0 - 0
Boavista - Marítimo, 0 - 1

Domingo, 13 de Janeiro de 2019
Nacional - Belenenses SAD, 0 - 1
Desp. Chaves - Tondela, 2 - 1
Rio Ave - V. Setúbal, 1 - 1

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler