loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Crónica: Braga vence nas Aves e qualifica-se para as ‘meias’ da Taça de Portugal

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Até onde o Benfica vai chegar este ano na Liga Europa?

O Sporting de Braga qualificou-se hoje para as meias-finais da Taça de Portugal de futebol, ao vencer o Desportivo das Aves, detentor do troféu, por 2-1, num jogo decidido por Wilson Eduardo.
Crónica: Braga vence nas Aves e qualifica-se para as ‘meias’ da Taça de Portugal

O extremo bracarense inaugurou o marcador, aos 11 minutos, e fez o segundo, aos 41, nos dois casos tirando partido da sua capacidade de desmarcação, após várias trocas de bola no meio-campo ofensivo, reduzindo o Aves por Falcão, aos 70 minutos, na sequência de um pontapé de canto.

O Aves até teve mais posse de bola ao longo do encontro, mas o Braga foi sempre mais constante a meio-campo e, sobretudo, eficaz a atacar, marcando nos dois remates enquadrados que realizou na primeira parte.

O primeiro surgiu cedo e na sequência de uma reposição rápida, com João Novais a receber a bola e a isolar, depois, Wilson Eduardo, que, partindo de posição legal, contornou André Ferreira e inaugurou o marcador, repetindo os festejos perto do intervalo, com um remate cruzado da esquerda, após uma demorada troca de passes no meio-campo ofensivo.

O favorito Braga foi superior neste período e a verdade é que o golo madrugador, anotado aos 11 minutos, deu-lhe maior tranquilidade e desassossegou os avenses, que estrearam Mato Milos a titular e viram Braga voltar a competir após mais de dois meses de ausência, a quem voltou a falhar eficácia na hora de atirar à baliza.

Foi assim com Derley, no final da primeira parte, ao finalizar de calcanhar, ao primeiro poste, um cruzamento de Amilton da direita e continuou na segunda, aos 62 minutos, quando Baldé surgiu nas costas de Raúl Silva, mas não conseguiu bater Marafona.

Os minhotos podiam ter resolvido de vez o jogo aos 55 minutos, pelo inevitável Wilson Eduardo, mas, depois disso, baixaram um pouco a intensidade e fizeram os locais acreditar, sobretudo a partir da entrada de Vítor Gomes para o meio-campo e uma maior exploração dos corredores laterais.

O Aves reduziu merecidamente aos 70 minutos, por Falcão, e várias vezes ameaçou o empate, mas Derley, em dois momentos, num deles já nos descontos, não conseguiu bater Marafona neste seu regresso às Aves, e, num dos últimos lances, contra a corrente do jogo, Murilo ficou perto do terceiro, num remate que levou a bola ao 'ferro' da baliza do Aves.

Nas meias-finais, o Braga vai defrontar o vencedor do jogo que opõe o Leixões, da II Liga, ao FC Porto.

Programa da jornada:

Terça-feira, 15 de Janeiro de 2019
Desp. Aves - Sp. Braga, 1 - 2
Leixões - FC Porto, 1 - 2 a.p
V. Guimarães - Benfica, 0 - 1

Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019
Feirense - Sporting, 0 - 2

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler