loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Crónica: Golo de João Félix coloca Benfica nas meias-finais da Taça de Portugal

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Até onde o Benfica vai chegar este ano na Liga Europa?

Um golo de João Félix, aos 14 minutos, bastou para o Benfica garantir hoje o apuramento para as meias-finais da Taça de Portugal em futebol, no encontro dos quartos de final com o Vitória de Guimarães.
Crónica: Golo de João Félix coloca Benfica nas meias-finais da Taça de Portugal

Num jogo marcado pela boa entrada 'encarnada' e pela escassez de ocasiões de golo, com as 'águias' a manterem quase sempre o controlo das operações, o remate certeiro do avançado de 19 anos permitiu ao Benfica juntar-se ao Sporting de Braga e ao FC Porto nas meias-finais da prova 'rainha' e ficar à espera do próximo adversário - o vencedor do jogo entre Feirense e Sporting, na quarta-feira.

Anunciado, na segunda-feira, como treinador definitivo do Benfica até ao final da época, Bruno Lage colocou apenas Svilar no lugar de Vlachodimos face ao 'onze' do triunfo com o Santa Clara (2-0) e a turma da Luz protagonizou uma entrada forte, com Zivkovic a ameaçar o golo inaugural logo aos dois minutos, num remate defendido para canto por Miguel Silva.

No primeiro quarto de hora, as 'águias' tiveram mais bola, quase nunca permitiram que os vitorianos saíssem a jogar a partir da retaguarda e 'coroaram' esse ascendente com o golo, com João Félix a receber um passe longo de Rúben Dias no seio da área contrária e a bater o guardião vitoriano, que ainda tocou na bola.

Com um 'onze' mais alterado do que o do seu opositor - Miguel Silva rendeu Douglas na baliza e Joseph e Mattheus Oliveira foram as novidades no meio-campo -, o Vitória começou a circular melhor a bola após o golo sofrido e esteve muito perto de igualar aos 20 minutos, quando Alexandre Guedes rematou ao lado no 'coração' da área benfiquista.

Com o decorrer da primeira parte, os anfitriões libertaram-se cada vez melhor da pressão alta adversária, tendo ganhado espaço para sair para o ataque, mas nunca colocaram verdadeiramente em risco a vantagem 'encarnada', face à incapacidade em criar perigo nos momentos em que chegavam à área contrária.

A toada da primeira parte prolongou-se na segunda, com as duas equipas a quererem ter bola e o Benfica a manter a reação vitoriana sob controlo, embora sem criar perigo suficiente para dilatar o resultado.

O golo só voltou a rondar as balizas aos 66 minutos, quando, na sequência de um contra-ataque conduzido por Ola John, na ala direita, Davidson ganhou espaço na área e rematou em arco a centímetros do poste esquerdo.

Luís Castro arriscou tudo nos 15 minutos finais, com a entrada do ponta de lança Oscar Estupiñán para o lugar do médio Joseph, mas os vimaranenses continuaram insuficientes a nível ofensivo, mesmo com o Benfica a acusar algum desgaste físico nesse período.

Programa da jornada:

Terça-feira, 15 de Janeiro de 2019
Desp. Aves - Sp. Braga, 1 - 2
Leixões - FC Porto, 1 - 2 a.p
V. Guimarães - Benfica, 0 - 1

Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019
Feirense - Sporting, 0 - 2

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler