loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Boavista: Lito Vidigal antevê «jogo duro» com o Feirense

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

O treinador do Boavista vaticinou hoje, na sua primeira conferência de imprensa como novo treinador do Boavista, "um jogo duro" na receção ao Feirense, no sábado, da 20.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.
Boavista: Lito Vidigal antevê «jogo duro» com o Feirense

"Temos muita vontade de vencer este jogo. Foi pena não termos tido uma semana normal de trabalho, o que teria permitido treinar outros aspetos", observou o técnico, que sucedeu a Jorge Simão e, na terça-feira passada, viu a sua nova equipa ser goleada pelo Benfica, por 5-1, no Estádio da Luz.

Nos três treinos que já dirigiu, Lito Vidigal preocupou-se com "a recuperação física dos atletas" para a receção ao Feirense, que ocupa o 18.º e último posto da tabela classificativa, com 14 pontos, menos doois do que o Boavista, 16.º, com 16.

"A equipa sente-se segura, quer ser competitiva e, acima de tudo, tem uma coisa só na cabeça, que é conseguir uma vitória neste jogo, que é importante para nós, para começarmos a subir na classificação", afirmou.

O Boavista reforçou-se, em janeiro, com um defesa-central, Jubal, um médio-ofensivo, Gustavo Sauer, um extremo, Perdigão, e um atacante, Alberto Bueno, mas perdeu o médio David Simão, que foi para o Antuérpia, da primeira divisão belga.

Lito Vidigal disse que "os reforços são os jogadores que estão" e, nesse sentido, acrescentou que a sua preocupação consiste em "procurar sempre soluções, e as soluções são os jogadores que estão à disposição".

"Temos que ser fortes e competitivos, porque vamos certamente atingir os nossos objetivos", afirmou.

A sua atenção focou-se depois na "massa adepta fantástica" que, em sua opinião, o Boavista possui, salientando que "a equipa, neste momento, precisa muito do carinho dos adeptos".

"Os adeptos têm de estar presentes e nos apoiar. Pelo que vi neste três dias de trabalho, a equipa é solidária, competitiva, profissional e dá o máximo, mas sabemos que só podemos ter êxito se formos extremamente unidos e se tivermos as bancadas repletas de boavisteiros", reforçou.

Lito Vidigal apelou aos adeptos 'axadrezados' para que apoiem e "saibam sofrer com os jogadores".

"Tenho a certeza que se soubermos sofrer juntos também vamos festejar juntos no final", completou.

O treinador recusou fazer contas sobre a permanência, referindo que o objetivo tem de ser lutar para "ganhar" todos os jogos ou "pontuar se tal não for possível".

"Se formos competitivos e tivermos a atitude certa, podemos ganhar em casa e fora. É isso que queremos incutir nos jogadores, mas esta mudança de mentalidade leva tempo", notou.

Yusupha, Fábio Espinho e Sparagna não são opção para esta partida, por lesão, Rafael Costa está em dúvida devido a uma mialgia no adutor esquerdo e o central Neris encontra-se castigado.

O Boavista, 16.º classificado, com 16 pontos, recebe no sábado o Feirense, 18.º, com 14, num jogo da 20.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, marcado para a 18:00, no Estádio do Bessa, no Porto.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2019
Rio Ave - Tondela, 2 - 2

Sábado, 2 de Fevereiro de 2019
Desp. Chaves - Marítimo, 1 - 0
Boavista - Feirense, 2 - 0
Desp. Aves - Sp. Braga, 0 - 2

Domingo, 3 de Fevereiro de 2019
Nacional - V. Setúbal, 0 - 0
Santa Clara - Portimonense, 2 - 1
Sporting - Benfica, 2 - 4
V. Guimarães - FC Porto, 0 - 0

Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2019
Belenenses SAD - Moreirense, 0 - 1

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler