loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

LE: Benfica e Sporting regressam à Europa sob o signo do '10'

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Até onde o Benfica vai chegar este ano na Liga Europa?

O Benfica, no reduto do Galatasaray, e o Sporting, anfitrião do Villarreal, jogam na quinta-feira dois duelos da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa em futebol que se disputam sob o signo do ‘10’.
LE: Benfica e Sporting regressam à Europa sob o signo do '10'

Os inusitados 10-0 dos ‘encarnados’ ao Nacional correram mundo e a dezena marca também a forma de turcos, que não perdem há 10 jogos, e espanhóis, que não ganham há 10, bem como a do ‘leão’ Bruno Fernandes, acabado de chegar aos 10 golos na I Liga.

As ‘hostilidades’ abrem em Istambul, pelas 20:55 locais (17:55 em Lisboa), com um embate entre dois conjuntos em alta, moralizados, que aproveitaram o fim de semana para se aproximarem dos líderes dos respetivos campeonatos.

O Benfica fê-lo de forma esmagadora, ao chegar à dezena de golos, algo que não conseguia há mais de 20 anos, mais precisamente desde 04 de dezembro de 1994, quando despachou o ‘terciário’ Marinhense por 12-0, para a Taça de Portugal.

Para se encontrar um registo na casa das dezenas num embate frente a uma equipa da mesma divisão é, porém, preciso recuar mais de meio século, aos anos 60, aos 11-3 de 02 de maio de 1965 e aos 10-0 de 02 de fevereiro 1964, ambos face ao Seixal.

O conjunto de Bruno Lage não podia surgir mais motivado, até porque o triunfo permitiu ao Benfica colocar-se a um escasso ponto do líder FC Porto, no campeonato luso, quando, há um mês e cinco rondas, a diferença estava em sete.

Na procura do primeiro triunfo na Turquia, depois de quatro empates e três derrotas, o Benfica, que nunca foi eliminado por um conjunto turco e foi finalista vencido nas duas últimas ‘visitas’ à Liga Europa (2012/13 e 2013/14), vai, porém, enfrentar uma equipa também num bom momento.

O Galatasaray, que como o Benfica ‘caiu’ da Liga dos Campeões, somou sete vitórias e três empates nos últimos 10 jogos em todas as competições, precisamente depois de, em 11 de dezembro, ter perdido por 3-2 na receção ao FC Porto.

No domingo, os comandados de Fatih Terim venceram por 3-1 na receção ao Trabzonspor e colocaram-se a seis pontos do líder Istambul Busaksehir, empurrados por um ‘bis’ de Balhanda, uma das ‘estrelas’ do ‘Gala’, a par de Muslera e Feghouli.

Se em Istambul vão medir forças duas equipas em alta, pelo contrário, em Alvalade, jogam dois conjuntos a efetuar temporadas dececionantes, mesmo que o Sporting já tenha arrebatado a Taça da Liga e o Villarreal sido capaz de ‘empatar’ o Real Madrid.

Em Alvalade, pelas 20:00, os ‘leões’ apostam quase tudo na excelente forma de Bruno Fernandes, que marcou golos nos últimos três jogos e já totaliza 20 na época, metade dos quais no campeonato português – quarto da tabela.

O momento individual do médio internacional português não é acompanhado pelo coletivo do Sporting, que, no domingo, voltou aos triunfos (3-1 fora ao Feirense), mas só ganhou cinco dos derradeiros 13 encontros.

Nesta série, os ‘leões’ sofreram quatro desaires, dois deles com o rival Benfica, incluindo um lisonjeiro 2-4 caseiro para o campeonato, prova em que seguem longe dos primeiros, a nove pontos do FC Porto, oito dos ‘encarnados’ e sete do Sporting de Braga.

O Sporting não tem estado bem, mas surge bem melhor do que o Villarreal, que segue ‘submerso’ no 19.º e penúltimo lugar da Liga espanhola, sem qualquer triunfo nos derradeiros 10 jogos oficiais, pautados por empates (sete).

Desde que fecharam a fase de grupos da Liga Europa com um 2-0 ao Spartak Moscovo, a 13 de dezembro, os espanhóis não sabem o que é vencer, sendo que, em reduto alheio, nas diversas provas, não ganham desde 26 de setembro (3-0 ao Athletic, em Bilbau).

O técnico Javi Caleja tem vários jogadores de grande qualidade à disposição, como Sergio Asenjo, Ramiro Funes Mori, Vicente Iborra, Trigueros, Santi Cazorla, Gerard Moreno ou Carlos Bacca, mas a verdade é que o ‘submarino amarelo’ não sobe à ‘tona’.

Os ‘leões’, que não eliminam um conjunto espanhol há mais de 30 anos, têm uma grande oportunidade para acabar com a ‘malapata’, mas convém encarrilarem o apuramento em Alvalade, pois nunca ganharam em Espanha (três empates e 13 derrotas).

Os encontros da segunda mão realizam-se a na próxima semana, em 21 de fevereiro, com o Sporting a jogar em Espanha a partir das 18:55 locais (17:55 em Lisboa) e o Benfica a receber os turcos pelas 20:00.

Programa da jornada:

Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2019
Fenerbahce - Zenit, 1 - 0

Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2019
BATE Borisov - Arsenal, 1 - 0
FK Krasnodar - Leverkusen, 0 - 0
Lazio - Sevilla, 0 - 1
Galatasaray - Benfica, 1 - 2
Olympiakos - Dynamo Kyiv, 2 - 2
Rapid Wien - Inter, 0 - 1
Slavia - Genk, 0 - 0
Rennes - Bétis, 3 - 3
Sporting - Villarreal, 0 - 1
Shakhtar - Frankfurt, 2 - 2
Zurich - Napoli, 1 - 3
Club Brugge - RB Salzburg, 2 - 1
Celtic - Valência, 0 - 2
Plzen - Dinamo Zagreb, 2 - 1
Malmo - Chelsea, 1 - 2

Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2019
Sevilla - Lazio, 2 - 0

Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2019
Valência - Celtic, 1 - 0
Napoli - Zurich, 2 - 0
Villarreal - Sporting, 1 - 1
RB Salzburg - Club Brugge, 4 - 0
Dinamo Zagreb - Plzen, 3 - 0
Frankfurt - Shakhtar, 4 - 1
Zenit - Fenerbahce, 3 - 1
Arsenal - BATE Borisov, 3 - 0
Leverkusen - FK Krasnodar, 1 - 1
Bétis - Rennes, 1 - 3
Chelsea - Malmo, 3 - 0
Benfica - Galatasaray, 0 - 0
Genk - Slavia, 1 - 4
Inter - Rapid Wien, 4 - 0
Dynamo Kyiv - Olympiakos, 1 - 0

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler