loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Síntese: FC Porto vence Feirense e pressiona Benfica com liderança provisória

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

O FC Porto venceu hoje em casa do Feirense por 2-1, na 25.ª ronda da I Liga portuguesa de futebol, e assumiu a liderança provisória do campeonato, pressionando o Benfica, que só joga na segunda-feira.
Síntese: FC Porto vence Feirense e pressiona Benfica com liderança provisória

Os ‘dragões’ entraram praticamente a perder em Santa Maria da Feira, fruto de um autogolo do brasileiro Felipe, aos quatro minutos, que adiantou o lanterna-vermelha do campeonato, mas os campeões em título resolveram o jogo através de duas unidades defensivas.

Danilo igualou a partida aos 18 minutos, com um cabeceamento a responder a um canto do mexicano Jesús Corona, antes de Pepe, aos 35, consumar a reviravolta e o regresso dos ‘azuis e brancos’ às vitórias, depois da derrota no ‘clássico’ no Dragão, com o Benfica (2-1).

Num jogo com paragens no primeiro tempo devido à falha de uma torre de iluminação, Sérgio Conceição fez alinhar o mesmo ‘onze’ que tinha jogado frente à Roma, na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, em que os portistas asseguraram a presença nos ‘quartos’ da competição, com um triunfo por 3-1, após prolongamento.

Apesar da baixa intensidade de um jogo que teve vários cortes no ritmo de jogo, os portuenses venceram e colocam pressão sobre o Benfica, uma vez que assumem a liderança da prova, com 60 pontos, mais um do que as ‘águias’, que na segunda-feira recebem o Belenenses, no encerramento da ronda.

O Feirense é cada vez mais último e conseguiu hoje um recorde indesejável, uma vez que somou a 23.ª partida seguida sem vencer no campeonato, um registo pior do que o que foi fixado pelo Varzim na época 1984/85.

Antes, o Portimonense subiu ao nono lugar ao golear o Nacional por 5-1, reforçando o mau ‘título’ de pior defesa do campeonato dos insulares, que já perdiam por 3-0 ao intervalo, por golos de Júlio César, na própria baliza, Lucas Fernandes e Paulinho, de penálti.

No segundo tempo, os algarvios aumentaram a vantagem por Aylton Boa Morte e pelo colombiano Jackson Martínez, já depois de os forasteiros terem reduzido por Hamzaoui.

A equipa de António Folha, que interrompeu uma série de seis jogos sem vencer, chegou aos 31 pontos, enquanto os madeirenses, treinados por Costinha, ficaram com 26, dois acima da ‘linha de água’, caindo para o 14.º lugar.

Em Setúbal, o Vitória local e o Tondela não saíram do ‘nulo’, continuando separados por um ponto na ‘cauda’ da tabela classificativa, sendo que os sadinos, que até jogaram a segunda parte com mais uma unidade, devido à expulsão de Ricardo Alves, aos 45 minutos, somaram o 14.º jogo no campeonato sem vencer.

A equipa de Setúbal segue agora no 15.º posto, o primeiro acima dos lugares de descida, com 25 pontos, mais um do que o Tondela, 16.º colocado, com 24.

Igual resultado verificou-se no Santa Clara-Desportivo das Aves, com os açorianos a pontuarem pelo quarto jogo seguido e os avenses pelo terceiro, sendo que a equipa da casa segue bem mais ‘tranquila’ na tabela: é oitava, com 32 pontos, face aos forasteiros, 12.ºs, com 26.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler