loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

«Não tenho medo de punições contra Cristiano», afirma vice-presidente da Juventus

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o calendário mais difícil até final da temporada?

O vice-presidente da Juventus negou esta sexta-feira temer possíveis sanções aplicadas a Cristiano Ronaldo pela UEFA, devido ao polémico gesto do internacional português na terça-feira, na comemoração do vitória frente ao Atlético de Madrid.
«Não tenho medo de punições contra Cristiano», afirma vice-presidente da Juventus

"Não tenho medo de punições contra Cristiano. Porque deveria? Foi um gesto de campo e essas emoções devem ficar lá. Ele vingou-se depois de ter sido insultado durante todo o jogo em Madrid. Vamos olhar em frente e acredito que não haja sanções", sublinhou Pavel Nedved, representante da heptacampeã italiana no sorteio dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol realizado hoje na sede da UEFA, em Nyon, na Suíça, que colocou os holandeses do Ajax no caminho da formação, na qual alinha também o defesa português João Cancelo.

A Juventus só entrou na fase seguinte da principal prova de clubes europeus graças à capacidade goleadora de Cristiano Ronaldo, autor de três golos no triunfo caseiro por 3-0 sobre o Atlético de Madrid, na segunda mão dos ‘oitavos', revertendo a derrota por 2-0 em Madrid, desfecho que o avançado natural da Madeira festejou imitando o gesto do argentino Diego Simeone aquando do primeiro encontro.

Na capital espanhola, o treinador dos ‘colchoneros' festejou de uma forma que a UEFA considerou conduta imprópria, ao simular agarrar os testículos, tendo o organismo que regula o futebol europeu multado em 20.000 euros o técnico, que pediu desculpa após o jogo.

Nedved considerou que a Juventus mereceu a passagem aos ‘quartos', acrescentando que estava muito confiante de que o clube transalpino daria a volta aos acontecimentos no encontro de Turim.

"Em Madrid fizemos um jogo normal e o Atlético conseguiu dois golos em lances de bola parada. Na segunda mão os nossos jogadores estavam concentrados e eu estava calmo porque se viu que ia passar o favorito. Merecemos disputar outros dois jogos na Liga dos Campeões e estar nos quartos de final é uma grande coisa para nós. Vamos ter de enfrentá-los com muito entusiasmo", afiançou em declarações ao canal Sky Sport.

O sorteio determinou que a Juventus vai encontrar nos ‘quartos' da prova milionária o Ajax, carrasco do Real Madrid, antiga equipa de Ronaldo, na fase anterior, sendo que a equipa que se impuser irá medir forças nas ‘meias' com o vencedor do embate inglês entre Tottenham e Manchester City.

"Não estou feliz nem insatisfeito. Serão dois jogos muito bons e o Ajax mostrou na ronda anterior o que vale. Eliminou o Real Madrid, o que não é mau. Realmente gostei da forma como eles jogaram e teremos de ter muito cuidado", alertou o ex-internacional checo e médio da Juventus, que representou entre 2001 e 2009.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler