loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

LE: Benfica bem lançado para as 'meias', tal como Chelsea, Arsenal e Valência

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o calendário mais difícil até final da temporada?

O Benfica, com uma 'monumental' exibição de João Félix, autor de três golos e uma assistência, ganhou por 4-2 ao Entracht Frankfurt e está bem encaminhado para as meias-finais da Liga Europa de futebol.
LE: Benfica bem lançado para as 'meias', tal como Chelsea, Arsenal e Valência

Partem também com vantagem interessante para a segunda mão dos quartos de final os ingleses do Chelsea e do Arsenal e os espanhóis do Valência, que viram Gonçalo Guedes 'bisar' no triunfo (3-1) em Villarreal.

Em Lisboa, no estádio da Luz, o líder do campeonato português esteve muito perto de 'matar' a eliminatória, já que chegou a 4-1 a jogar em vantagem numérica, mas um golo do luso Gonçalo Paciência, antigo jogador do FC Porto, aos 72 minutos, deixou no ar alguma incerteza ainda para o jogo na Alemanha.

Até então, brilhou bem alto João Félix, que se tornou o mais jovem jogador do Benfica a fazer 'hat-trick' na Europa, assistindo ainda Rúben Dias para o outro golo das 'águias'.

N'Dicka fez a falta para penálti e foi expulso, aos 20 minutos. Daí nasceu o primeiro golo de João Félix, após o que os germânicos ainda empataram, aos 40, através de Jovic, curiosamente um jogador do Benfica emprestado ao Eintracht.

Depois, João Félix marcou aos 43, deu a marcar aos 50 e marcou de novo aos 54. O 'balde de água fria' veio do banco adversário, com Gonçalo Paciência a entrar no jogo aos 68 e a 'faturar' volvidos quatro minutos.

Outro internacional português em plano elevado foi Gonçalo Guedes, autor de dois dos três golos da vitória do Valência em Villarreal, por 3-1.

Primeiro, de recarga a uma grande penalidade falhada por Dani Parejo e cometida sobre si, aos seis minutos, e depois, aos 90+3, a responder a um centro longo, mas 'milimétrico' de Cheryshev. O outro golo 'che' foi apontado Daniel Wass, aos 90+1, enquanto que pelo Villarreal 'faturou' Santi Cazorla, aos 36, de grande penalidade.

A Inglaterra, que mantém ainda quatro equipas na 'Champions', também na LE vai dando nas vistas e está bem lançada para colocar duas equipas nas 'meias'.

O Arsenal ganhou por 2-0 ao Nápoles - que jogou com Mário Rui na defesa -, com golos de Ramsey, aos 14, e de Koulibaly, aos 25 (autogolo).

Em Praga, o Chelsea superou pela margem mínima o Slavia, graças ao tento de Marcos Alonso, aos 86 minutos.

A segunda mão joga-se na próxima quinta-feira.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler