loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Liga Revelação: Estoril derruba ambições do Rio Ave com reviravolta

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

O Rio Ave perdeu hoje com o Estoril Praia, por 2-1, na última da jornada da fase de apuramento de campeão da Liga Revelação de futebol, desperdiçando a oportunidade de conquistar o título.
Liga Revelação: Estoril derruba ambições do Rio Ave com reviravolta

A formação vila-condense até chegou a estar em vantagem, num resultado que, perante o empate do Desportivo das Aves frente ao Sporting de Braga, servia os seus intentos, mas permitiu que os ‘canarinhos' operassem a reviravolta, nos instantes finais.

Com este desaire, o Rio Ave termina a prova no terceiro lugar, com 41 pontos, os mesmos do Estoril Praia, que fecha esta fase na quarta posição, ambos com menos dois pontos do que o campeão Desportivo das Aves.

A formação da foz do Ave até entrou no jogo a fazer o que lhe competia, assumindo uma postura mais dominadora e ofensiva, que deu frutos logo aos cinco minutos, com um desvio certeiro do central Filipe Almeida, na sequência de um livre.

Mesmo em vantagem, os vila-condenses não abdicaram do controlo do desafio, perante um Estoril que mostrou menores argumentos, embora ainda tendo enviado uma bola aos ferros, neste primeiro tempo.

No regresso do intervalo, a formação nortenha teve uma entrada amorfa, não conseguindo ter fio de jogo, e expondo-se às investidas do Estoril, que, aos 67, num bom remate de longe de Pedro Matos, igualou o marcador.

Só quando se viu em apuros, o Rio Ave voltou a reagir, mas sem clarividência para ser eficaz.

Joca e José Postiga obrigaram, então, o guardião estorilista a defesas de bom nível, e Jaime Pinto, protagonizou duas perdidas incríveis, para recuperar a vantagem.

O Estoril resistiu a pressão, e aproveitando a descompensação do adversário deu o golpe final nas aspirações vila-condenses, já em tempo de compensação, num contra-ataque finalizado por João Oliveira, que fixou o 2-1 final.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler