loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Sérgio Conceição diz-se capaz de dar continuidade ao projeto do FC Porto

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

O Benfica foi um justo vencedor da I Liga 2018-2019?

O treinador do FC Porto garantiu hoje que se sente "capaz" de dar continuidade ao projeto do clube na I Liga portuguesa de futebol da próxima época, mesmo admitindo a necessidade reestruturar o plantel.
Sérgio Conceição diz-se capaz de dar continuidade ao projeto do FC Porto

"Independentemente da forma de estruturar o plantel, de saírem e entrarem jogadores, quem trabalha nesta casa, trabalha para ganhar jogos e títulos. Se me sinto capaz? Claro que sim", garantiu Sérgio Conceição.

O treinador lembrou que antes da chegada ao FC Porto, o clube passou por uma fase em que, em quatro temporadas, não conseguiu conquistar títulos, vincando que esta época ainda há possibilidade de erguer dois troféus.

"O FC Porto não estava muito habituado a ficar quatro anos sem ganhar nada. Agora, nas duas épocas que cá estou, temos a possibilidade de ganhar quatro títulos, dois já conquistados, o campeonato [da época passada] e a Supertaça, e temos pela frente o que se decide amanhã [sábado] e, depois, a disputa da Taça de Portugal", disse o técnico dos ‘azuis e brancos'.

Sérgio Conceição falava em conferência de imprensa relativa ao jogo de sábado, frente ao Sporting, da 34.ª e derradeira jornada do campeonato, acrescentando que "é importante chegar a esses momentos decisivos, no final da época, mas é mais importante ganhar", garantindo haver uma total "sintonia com o presidente", Pinto da Costa.

Questionado sobre se ficaria numa posição mais confortável se o FC Porto pudesse atacar o próximo mercado de transferências com maior capacidade financeira, o técnico dos ‘dragões' considerou que essa não é uma premissa "fundamental".

"Todos sabem a realidade do FC Porto nestes últimos anos, nomeadamente, em trazer mais-valias devido ao aspeto financeiro. Mas isso não é fundamental para que eu fique ou não fique. Se tivesse medo, não tinha aceitado vir de Nantes por metade do meu contrato em França para representar o FC Porto", observou Sérgio Conceição

O treinador assumiu que "há situações que têm de ser melhoradas", revelando ter feito um relatório com as suas ideias para essa evolução: "Temos de perceber o que não funcionou e o que funcionou. É assim que entendo o futebol para que em cada ano possamos ir à procura de ganhar, porque os outros também se reforçam nestes aspetos", notou.

Sérgio Conceição alertou ainda para a necessidade de o clube continuar a apostar na formação, garantindo que quatro elementos da equipa de sub-19 que se sagrou esta época campeã europeia vão fazer a pré-época com o plantel principal.

O treinador do FC Porto falou ainda sobre o guarda-redes Iker Casillas, que hoje foi ao Centro de Treinos do Olival visitar o grupo de trabalho, garantindo que a continuidade do espanhol na próxima época ainda não foi tema de conversa.

"Falei com ele sobre o estado de saúde e a sua situação familiar. Em termos profissionais não toquei em nada, ele sabe que tem um processo moroso pela frente, em que vai ser preciso ser o que ele foi no futebol, cheio de espírito positivo e com grande fé para passar este momento. Depois veremos se está em condições de continuar e que papel terá no FC Porto", revelou Sérgio Conceição.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler