loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Getafe bate Portimonense e discute Copa Ibérica com FC Porto

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

O Getafe venceu ontem o Portimonense (3-2), no desempate por pontapés da marca da grande penalidade, após uma igualdade (0-0) no final do tempo regulamentar, no jogo da segunda meia-final da Copa Ibérica, disputado em Portimão.
Getafe bate Portimonense e discute Copa Ibérica com FC Porto

A equipa espanhola, que terminou na quinta posição no campeonato, foi mais eficaz na marcação das grandes penalidades, ao converter três dos cinco pontapés, enquanto o Portimonense, apenas conseguiu concretizar dois.

Everson e Luquinha marcaram para os algarvios, enquanto William (remate ao poste), Jorge Vilela e Ruster falharam, permitindo a defesa do guarda-redes Chichizola.

Na formação de Madrid, Molina, Cucurella e Duro converteram as grandes penalidades, tendo Arambarri rematou ao lado da baliza de Gonda.

O Getafe vai discutir a Copa Ibérica com o FC Porto, no encontro da final marcado para domingo, às 20:30. Portimonense e Real Bétis (Espanha) jogam às 11:30, para atribuição do terceiro e quarto lugares.

António Folha apresentou no onze inicial aqueles que deverão ser na maioria os titulares para o campeonato, tendo o Portimonense controlado o jogo, mas apenas conseguindo duas verdadeiras ocasiões de golo, a primeira aos nove minutos, com Jadson a rematar ao poste após defesa incompleta do guarda-redes espanhol a um livre cobrado por Rómulo.

O mesmo Rómulo, aos 19 minutos, surgiu isolado frente ao guarda-redes Yáñez, mas tentou assistir Iury, perdendo a oportunidade para abrir o marcador.

No segundo tempo, as várias substituições operadas por ambos os treinadores tiraram qualidade ao jogo, sem oportunidades para os dois conjuntos, período em que Getafe foi quem mais tempo teve de posse de bola.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler