loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Ivo Vieira: «Vamos levar o jogo para nossa casa»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Acha que Frederico Varandas tomou a decisão certa ao despedir Marcel Keizer?

Declarações de Ivo Vieira após o Steaua-Vitória de Guimarães (0-0), jogo da primeira mão do 'play-off' de apuramento para a fase de grupos da Liga Europa de futebol.
Ivo Vieira: «Vamos levar o jogo para nossa casa»

"Sabíamos que íamos encontrar um adversário que nos ia criar imensas dificuldades, jogando em sua casa, procurando o resultado. Na primeira parte, concordo que houve mais domínio do Steaua, mas, na segunda, corrigimos algumas situações em termos táticos e só permitimos alguns cruzamentos ao adversário.

O relvado não foi [o problema do nosso jogo menos bom], porque estava igual para os dois. Na primeira fase de construção, tivemos dificuldade em sair da pressão colocada pelo adversário. Na primeira parte, podíamos ter sido mais eficazes no ataque à baliza do adversário.

Na segunda, fomos mais vezes [à frente]. Estamos numa fase ainda prematura da época. Precisamos ainda de trabalhar muito para melhorar os vários aspetos do jogo. O adversário tem intervenientes com valia, com capacidade para resolver o jogo. Vamos levar o jogo para nossa casa, diante do nosso público. Os nossos adeptos podem puxar-nos para cima e serem decisivos.

O nosso adversário tem um historial muito rico, com uma Taça dos Campeões (em 1986) e muitos anos de competições europeias. Esperava um adversário forte, competitivo, que faz uma gestão em termos daquilo que são os jogos do campeonato e os jogos da Liga Europa, trocando muitos jogadores.

Quando uma equipa faz seis jogos sempre com golos e depois não faz no sétimo, isso [finalização] não é necessariamente uma preocupação. Não conseguimos conquistar tudo aquilo que se deseja. O Bruno [Duarte] deu sinais de poder acrescentar algo à equipa. Tento meter sempre os melhores para cada jogo.

Acrescentámos o [Dénis] Poha para dar mais consistência ao meio-campo. É um jogador com rotatividade boa, porque os outros já estavam um pouco desgastados. Há trabalho feito e há ainda muito trabalho a fazer para perceber as questões táticas. Estes jogadores têm de ter um espaço de crescimento para perceberem o que o jogo pede."

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler