loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Lionel Messi eleito melhor jogador do ano da FIFA

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting

Lionel Messi conquistou hoje pela sexta vez o título de melhor jogador do ano da FIFA, prémio agora denominado 'The Best', durante cerimónia que decorreu em Milão, Itália.
Lionel Messi eleito melhor jogador do ano da FIFA

O 'astro' argentino desempatou assim as contas com o português Cristiano Ronaldo, que conquistou cinco vezes o título e que também estava nomeado este ano, tendo ainda superado o holandês Virgil van Dijk, que tinha sido eleito o melhor jogador europeu.

Cristiano Ronaldo, que não marcou presença na cerimónia, integrou o melhor '11' masculino FIFPRO.

Após o presidente da FIFA, Gianni Infantino, ter anunciado Lionel Messi como vencedor do galardão, o avançado do Barcelona subiu ao palco para agradecer a distinção.

“Antes de tudo, quero agradecer a todos os que decidiram que este reconhecimento fosse para mim. A verdade é que penso sempre como estes prémios são lindos, embora, para mim, os prémios individuais sejam secundários, os coletivos vêm em primeiro lugar”, declarou.

Na categoria de melhor treinador, o alemão Jürgen Klopp (Liverpool) superou os colegas da Liga inglesa, o espanhol Pep Guardiola (Manchester City), vencedor em 2011, e o compatriota Mauricio Pochettino (Tottenham).

A selecionadora Jill Ellis, que conduziu os Estados Unidos à vitória do último Campeonato do Mundo, que decorreu em França, foi a distinguida, à frente do antigo internacional inglês Phil Neville, técnico da seleção inglesa, e Sarina Wiegman, vencedora do troféu em 2017 e que levou a Holanda à final do Mundial2019.

A norte-americana Megan Rapinoe levou a melhor sobre a colega de seleção Alex Morgan e a inglesa Lucy Bronze na escolha de melhor futebolista feminina, sucedendo à recordista de troféus (seis), a brasileira Marta.

O guarda-redes brasileiro do Liverpool, Alisson, ganhou a corrida ao galardão de melhor guarda-redes ao compatriota Ederson, do Manchester City, e ao alemão Marc-André Ter Stegen, do Barcelona, enquanto a holandesa Sari Van Veenendaal (Atlético de Madrid) foi a melhor guardiã.

O ‘prémio Puskas’, destinado ao melhor golo, foi entregue ao húngaro Daniel Zsóri, que superou Lionel Messi e o colombiano Juan Quintero.

No 'onze' ideal da FIFA, o Real Madrid, com Sérgio Ramos, Marcelo, Luka Modric e Hazard foi o clube mais representado, seguido do FC Barcelona, com Lionel Messi e Frenkie De Jong, da Juventus, com Cristiano Ronaldo e Matthijs de Ligt, do Liverpool, com Alisson e Virgil Van Dijk, e do Paris Saint-Germain, apenas com Kylian Mbappé.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler