loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Vítor Oliveira: «O Santa Clara está de parabéns»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

Declarações de Vítor Oliveira treinador do Gil Vicente após a vitória do Santa Clara, em casa, por 1-0, frente ao Gil Vicente, em jogo da sétima jornada da I Liga de futebol.
Vítor Oliveira: «O Santa Clara está de parabéns»

"O que falhou foi que o Santa Clara marcou um golo e nós não marcámos nenhum. Falharam muitas coisas ao longo do jogo, continuamos a fazer orelhas moucas e ouvidos cegos. Eu vou falar em três situações.

Primeiro, é a expulsão do jogador João Afonso. Não consegui ver as imagens, se é jogada de expulsão ou não. Sei que o árbitro, isso é perfeitamente visível, tinha o amarelo na mão para mostrar e, por influência do quarto árbitro (que estava muito preocupado em arbitrar o jogo) disse que era vermelho. Merecia, no mínimo, uma consulta de vídeoárbitro, no mínimo. Não se pode por uma equipa a jogar assim, de 11 contra 10, sem realmente uma confirmação.

Depois, temos duas situações na segunda parte, em que as pessoas não foram tão lestas a ajudar o árbitro do jogo. Uma entrada do Rashid sobre o Sandro, que era notoriamente amarelo. Foi à minha beira, não tenho dúvidas. Daria o segundo amarelo.

E há ainda uma agressão, também não tenho a mínima dúvida, não preciso de ver repetições, porque foi a três metros de mim. Uma agressão do César, que mete a mão na cara para parar o Sandro, o que seria, razão mais do que suficiente, para cartão vermelho. O Santa Clara não tem nada a ver com isso, o Santa Clara está de parabéns.

Resultado justíssimo para o Santa Clara. Agora, penso que o Gil Vicente merece um bocadinho mais de respeito. Chega de ver e calar."

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler