loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

LC: Portugal sobe a sexto do ranking com mais uma vitória do que a Rússia

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

Portugal precisa apenas de somar mais uma vitória do que a Rússia na segunda jornada da fase de grupos das taças europeias de futebol para ‘assaltar’ o ‘milionário’ sexto lugar do ‘ranking’ da UEFA.
LC: Portugal sobe a sexto do ranking com mais uma vitória do que a Rússia

Com os resultados da ronda inaugural, a distância encurtou de 0,667 pontos (42,049 contra 42,716) para 0,367 (43,216 para 42,849), o que, na prática, deixa as equipas lusas a menos de um triunfo, pois cada um vale 0,4.

O duelo joga-se, maioritariamente, à distância, mas começa com um confronto direto, em São Petersburgo, onde o Zenit recebe o Benfica, em encontro da segunda jornada do Grupo G da Liga dos Campeões, marcado para quarta-feira.

Se repetir o triunfo da última deslocação (2-1 em 2015/16, na segunda mão dos oitavos de final da ‘Champions’), o Benfica coloca, desde logo, Portugal no sexto lugar do ‘ranking’, que vale, no final da época, recuperar uma terceira vaga – e segunda direta - na Liga dos Campeões, em 2021/22.

O embate entre os ‘encarnados’ e o conjunto de São Petersburgo é o terceiro duelo da época entre portugueses e russos, depois de o FC Porto cair face ao Krasnodar na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões e de o Sporting de Braga afastar o Spartak Moscovo no ‘play-off’ da Liga Europa.

Depois do Benfica, mais quatro equipas lusas entram em ação, na quinta-feira, três delas em casa, o Sporting face ao LASK Linz, na estreia europeia de Silas, o Sporting de Braga perante o Slovan Bratislava e o Vitória de Guimarães frente ao complicado Eintracht Frankfurt, de André Silva, Paciência e Bas Dost.

Por seu lado, o FC Porto desloca-se à Holanda, para defrontar o Feyenoord, na mítica ‘banheira’ de Roterdão.

Quanto aos russos, e além do Benfica, têm pela frente três equipas espanholas, entre elas o Atlético Madrid, de João Félix, que se desloca ao reduto do Lokomotiv Moscovo, vencedor na estreia, na casa do Bayer Leverkusen (2-1).

Na Liga Europa, o Krasnodar é anfitrião do Getafe e o CSKA Moscovo também atual na Rússia, perante o Espanyol.

As formações lusas estão em maioria (cinco contra quatro) na fase de grupos e todos os pontos que somarem (dois por vitória e um por empate) são divididos por cinco (0,4 por vitória e 0,2 por empate), enquanto os russos têm de dividir os seus por seis (0,333 por triunfo e 0,166 por igualdade).

Portugal, que já sabe que em 2020/21 (sétimo nas contas entre 2014/15 a 2018/19) manterá a situação atual – uma entrada direta e outra na terceira pré-eliminatória -, está bem posicionado para acabar a presente temporada no sexto posto e conseguir, em 2021/22, recuperar uma segunda entrada direta.

Ranking da UEFA dos últimos cinco anos:

1. Espanha - 87,712
2. Inglaterra - 76,033
3. Alemanha - 60,070
4. Itália - 59,367
5. França - 50,915
6. Rússia - 43,216
7. PORTUGAL - 42,849
8. Bélgica - 34,700
9. Holanda - 31,350
10. Ucrânia - 31,100

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler