loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

MotoGP: Miguel Oliveira caiu e Márquez assustou nos treinos livres na Tailândia

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje na 19.ª posição os treinos livres do Grande Prémio da Tailândia de MotoGP, apesar de ter sofrido uma queda em cada uma das sessões, sem consequências físicas.
MotoGP: Miguel Oliveira caiu e Márquez assustou nos treinos livres na Tailândia

O dia no Circuito Internacional de Chang, em Buriram, na Tailândia, ficou ainda marcado pela violenta queda sofrida pelo líder do Mundial de motociclismo de velocidade, o espanhol Marc Márquez (Honda), que foi mesmo transportado para o hospital local para realizar exames complementares de diagnóstico, antes de ser considerado apto para competir.

O espanhol sofreu contusões na perna esquerda e na anca, mas sem qualquer fratura, apesar de ter ficado bastante queixoso em pista, ao lado da mota, que ficou completamente destruída.

"Devido ao impacto, ficou com problemas em respirar, mas quando chegou ao hospital já estava restabelecido", explicou o médico espanhol Angel Charte, que acompanhou o campeão mundial.

A queda, que ocorreu no final da primeira sessão, na mesma curva sete em que tinha caído Miguel Oliveira na primeira volta dessa sessão inicial, não impediu Márquez de alinhar nos segundos treinos livres, em que realizou o sexto melhor tempo.

O piloto da Honda, que já caiu dez vezes esta temporada, liderou durante grande parte da sessão antes de ser batido por quatro motas Yamaha e uma Ducati.

O francês Fabio Quartararo (Yamaha) foi o mais rápido do dia, rodando em 1.30,404 minutos, deixando o espanhol Maverick Viñales em segundo, a 193 milésimos. O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli (Yamaha) foi terceiro, a 221 milésimos de Quartaro.

Miguel Oliveira realizou o seu melhor tempo do dia nas últimas voltas dos segundos treinos livres, em 1.31,936 minutos, a apenas quatro milésimos do 18.º lugar e a 1,532 segundos de Quartararo.

Oliveira voltou a cair na segunda sessão, agora na curva 12, sem consequências físicas.

O piloto português chega à 15.ª prova da temporada empatado no 16.º lugar do campeonato com o italiano Francesco Bagnaia (Ducati), ambos com 29 pontos.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página