loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Crónica: Sintra Football surpreende Vitória de Guimarães na Taça

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

O Sintra Football, do Campeonato de Portugal, surpreendeu hoje o Vitória de Guimarães, da I Liga, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, num jogo decidido nas grandes penalidades, após 1-1 ao fim dos 120 minutos.
Crónica: Sintra Football surpreende Vitória de Guimarães na Taça

Elvis, aos 68 minutos, na conversão de uma grande penalidade, colocou o Sintra Football em vantagem, de grande penalidade, mas Davidson levou o jogo para prolongamento, aos 86. Nos penáltis, João Carlos Teixeira e Marcus Edwards desperdiçaram as suas ocasiões, enquanto a formação da casa apontou os quatro remates que dispôs.

O Vitória de Guimarães, com sete alterações face à derrota com os alemães do Eintracht Frankfurt (1-0), na Liga Europa, entrou melhor na partida e foram poucas as vezes que o Sintra Football ultrapassou o seu meio-campo defensivo nos primeiros 45 minutos.

Um cabeceamento de Poha à trave, aos 34 minutos, após cruzamento de Rafa Soares na esquerda, foi a melhor oportunidade dos vitorianos antes do descanso, não sem antes o Sintra Football chegar pela primeira vez com muito perigo à baliza de Douglas, que impediu o golo a Elvis com uma grande ‘mancha’.

No segundo tempo, a história do jogo foi distinta e o Sintra Football entrou mais atrevido nas transições atacantes, chegando mesmo à vantagem aos 68 minutos, numa grande penalidade apontada por Elvis.

Quando a surpresa parecia cada vez mais uma realidade, Davidson, que tinha entrado aos 77 minutos, evitou a eliminação dos vimaranenses no tempo regulamentar e igualou o encontro, aos 86, atirando a decisão da eliminatória para prolongamento.

No tempo ‘extra’, um mau corte de cabeça de Filipe Leão, aos 96, deixou a bola à mercê de Davidson, mas o brasileiro acertou mal na bola e, com a baliza deserta, atirou ao lado.

Na ‘lotaria’ das grandes penalidades, o conjunto lisboeta foi mais feliz e causou sensação, aproveitando os penáltis desperdiçados por João Carlos Teixeira e Marcus Edwards para seguir em frente na competição.

Programa da jornada:

Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019
Alverca - Sporting, 2 - 0

Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
Cova Piedade - Benfica, 0 - 4

Sábado, 19 de Outubro de 2019
Condeixa - Rio Ave, 0 - 1
Sintra Football - V. Guimarães, 4 - 3 g.p
Sp. Espinho - Vilafranquense, 2 - 1
Ac. Viseu - Real, 3 - 1
Louletano - Paços Ferreira, 1 - 2 a.p
Pevidém - Belenenses SAD, 0 - 2
Fabril Barreiro - Moreirense, 1 - 3
Amora - AD Sanjoanense, 0 - 1
Penafiel - Gil Vicente, 0 - 2
Académica - Portimonense, 2 - 1
Feirense - Tondela, 3 - 0
Farense - Desp. Aves, 5 - 2
Coimbrões - FC Porto, 0 - 5
Leça - Sp. Braga, 1 - 3

Domingo, 20 de Outubro de 2019
Águias Moradal - V. Setúbal, 0 - 5
AD Oliveirense - Santa Clara, 0 - 3
Arouca - Merelinense, 1 - 0
Marinhense - Fátima, 1 - 0
Casa Pia - Vizela, 1 - 3
Varzim - Estoril, 1 - 0
Olímpico Montijo - Anadia, 0 - 1
Pedras Salgadas - Águeda, 1 - 0
Mafra - Fafe, 1 - 0 a.p
Loures - Benf. C. Branco, 4 - 2 a.p
Vit. Sernache - Sertanense, 4 - 5 g.p
Lourosa - Famalicão, 5 - 6 g.p
Desp. Chaves - Boavista, 2 - 1 a.p
Valadares Gaia - Canelas 2010, 10 - 11 g.p
Beira-Mar - Marítimo, 5 - 4 g.p
Leixões - Praiense, 4 - 2

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler