loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Juve Leo diz que rescisão de protocolos «é só mais um episódio triste»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

A Juventude Leonina mostrou-se hoje indignada com a rescisão de protocolos por parte da direção do Sporting, que abrange também o outro Grupo Organizado de Adeptos (GOA), Diretivo Ultras XXI, considerando ser «só mais um episódio triste».
Juve Leo diz que rescisão de protocolos «é só mais um episódio triste»

Um dia depois do clube lisboeta ter anunciado a rescisão “com efeitos imediatos” dos protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, devido à “escalada de violência” recente, a claque mais antiga dos ‘leões’ insurgiu-se nas redes sociais para criticar a medida e tecer duras críticas à administração ‘leonina’, presidida por Frederico Varandas.

“O comunicado emitido pelo Sporting Clube de Portugal é só mais um episódio triste da Direção deste clube que apoiamos incondicionalmente”, pode ler-se na página oficial da Juve Leo no Facebook.

Na mesma nota, a claque refere que a posição tomada pela direção representa “a falta de rumo de um clube sem liderança, assente em incompetência e que necessita apenas de ‘bodes expiatórios’ para se livrar de atenções indesejadas”.

A Juve Leo frisa ainda que a contestação verificada nos últimos dias, quer nos estádios quer nos pavilhões, “provém dos adeptos em geral”, tendo como alvo a atual direção, reforçando o apoio “incontestável” às equipas e atletas.

A claque questiona se "será do apoio ou da má gestão" a culpa de “recorrentes” maus resultados, queixa-se de uma preparação para a época 2019/20 feita com “amadorismo”, e lembra a venda de titulares da equipa de futebol no último dia de mercado, casos de Thierry Correia e Raphinha.

O desaire por 5-0 na Supertaça diante do rival Benfica também mereceu críticas a Frederico Varandas, que, após o jogo, em 04 de agosto, “não se mostrou preocupado” com o resultado.

Por fim, a claque afasta-se do mais recente incidente com o veículo de um membro da Direção e deixa claro que “com ou sem protocolos” de tudo irá fazer para “elevar o nome do clube nas diversas modalidades”.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler