loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Surf: Yolanda Sequeira alcança 3.º posto em Perth

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

Campeã nacional só foi travada nas meias-finais pela surfista que viria a vencer o campeonato
Surf: Yolanda Sequeira alcança 3.º posto em Perth

Yolanda Sequeira alcançou, esta madrugada de terça-feira, o 3.º posto no Mandurah Pro, evento com estatuto QS1000 que decorreu em Perth, capital do Oeste australiano. A campeã nacional só foi travada nas meias-finais do evento que marcou o arranque da perna australiana de final da temporada.

O dia até começou da melhor forma para a surfista algarvia, depois de ter vencido nos quartos-de-final a australiana Sasha Baker, com 12,10 pontos contra 10,50 da adversária, garantindo, dessa forma, a passagem às meias-finais, onde era a única surfista internacional, frente a um trio de australianas.

Pela frente no heat que decidia a passagem à final, Yolanda teve a australiana Mia McCarthy, que começou a disputa logo com uma onda de 9 pontos em 10 possíveis. A surfista portuguesa ainda tentou dar a volta aos acontecimentos mas acabou por ver McCarthy chegar aos 15 pontos, contra apenas 11,75 seus.

Apesar da derrota, Yolanda Sequeira conseguiu despedir-se de Perth com um honroso 3.º posto, que lhe garantiu 560 pontos para o ranking, onde irá subir algumas posições em relação ao 68.º posto que ocupa, e ainda 360 dólares em prémio. Yolanda só foi mesmo travada pela surfista que viria a ganhar o campeonato.

Agora, a campeã nacional prossegue a aventura australiana em Yallingup, novamente no Oeste australiana, onde já esta quinta-feira arranca outro QS1000. Este será o segundo de quatro eventos em que Yolanda irá competir na Austrália, com destaque para o último que será o decisivo QS6000 de Port Stephens, onde será acompanhada por mais quatro surfistas portuguesas: Teresa Bonvalot, Carol Henrique, Camilla Kemp e Leonor Fragoso.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler