loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Benfica ganha em Lyon e é o novo líder do Grupo G da UEFA Youth League

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

O Benfica venceu hoje no reduto do Lyon por 3-2 e ascendeu ao comando do Grupo G da UEFA Youth League de futebol, roubando-o aos gauleses, em encontro da quarta jornada.
Benfica ganha em Lyon e é o novo líder do Grupo G da UEFA Youth League

No outro jogo do agrupamento, que replica nos juniores os grupos da Liga dos Campeões, o Leipzig ganhou por 2-0 na Rússia ao Zenit, o que deixa a equipa de São Petersburgo já sem hipóteses sequer ir ao 'play-off' de acesso aos oitavos de final.

Benfica e Lyon estão com nove pontos (vantagem para os encarnados por golos, já que perderam em casa por 2-1), o Leipzig soma quatro e o Zenit um apenas.

No terreno da academia de formação lionesa, o Benfica foi geralmente mais forte do que o adversário e nunca esteve a perder na partida.

Umaro Embaló fez o primeiro golo do Benfica, 29 minutos, lesionando-se no lance e 'obrigando' Jorge Maciel a começar cedo a alterar o esquema da equipa.

A passe de cabeça de Gonçalo Ramos, Embaló marcou em esforço e nos festejos apareceu a queixar-se da perna, para ser substituído quatro minutos depois por Tiago Araújo.

O Benfica dilatou a vantagem muito pouco tempo depois, aos 36 minutos, com o central Morato a finalizar, na recarga a um primeiro remate de Gonçalo Ramos, que Margueron defendeu mal.

Dib reduziu aos 57 minutos, com um belo remate em arco, que 'traiu' Celton Biai, parecendo relançar o jogo.

O Lyon não chegou ao empate e ficou em muito má posição aos 84 minutos, com a excelente arrancada do extremo esquerdo ‘encarnado’ Tiago Gouveia, que fez uma finta, correu e atirou a contar.

Ainda reduziu o clube francês, aos 87 minutos, através de Wissa, mas o Benfica nunca deixou de ter a partida controlada e até poderia der aumentado a vantagem em tempo de descontos.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler