loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

LC: Bayern e Juventus primeiros apurados para os «oitavos» com vitórias «suadas»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

Bayern Munique e Juventus tornaram-se hoje as primeiras equipas a garantir a passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, ao vencerem com dificuldade Olimpiakos (2-0) e Lokomotiv Moscovo (2-1), respetivamente.
LC: Bayern e Juventus primeiros apurados para os «oitavos» com vitórias «suadas»

Em encontros da quarta jornada da fase de grupos, quer alemães, no Grupo B, quer italianos, no D, só conseguiram assegurar o triunfo na reta final da partida.

Na Allianz Arena, a grande figura da partida acabou por ser o guarda-redes luso José Sá, titular na equipa orientada por Pedro Martins, assim como Rúben Semedo e Daniel Podence, ao exibir-se a grande nível e a adiar por inúmeras vezes o golo dos bávaros.

Aos 69 minutos, e correspondendo a um cruzamento de Kingsley Coman, o inevitável polaco Robert Lewandowski conseguiu, porém, inaugurar o marcador: soma seis golos na ‘Champions’ e 24 na época, em 20 jogos – 21 tentos em 16 encontros pelos bávaros.

O croata Ivan Perisic acabou por marcar o segundo, aos 89 minutos, apenas um minuto depois de substituir Gnabry.

O Bayern, que foi hoje orientado pela primeira vez pelo treinador interino Hansi Flick, após a saída do croata Niko Kovac, no domingo, lidera a ‘poule’ B, com 12 pontos, seguido do Tottenham, com quatro, e do Estrela Vermelha, com três. O Olympiakos é quatro e último classificado, com um.

Em Moscovo, Aaron Ramsey inaugurou o marcador para os transalpinos, logo aos quatro minutos, num lance em que o guarda-redes da casa deixou passar a bola por entre as pernas, após um livre forte de Cristiano Ronaldo, que viu o médio galês ‘roubar-lhe’ o tento quanto a bola se encaminhava para a baliza.

O conjunto russo, que teve os também internacionais portugueses Éder e João Mário entre os titulares, restabeleceu a igualdade oito minutos depois, pelos pés do avançado russo Aleksey Miranchunk, numa recarga a um cabeceamento seu ao poste.

A igualdade manteve-se até aos descontos, mais precisamente aos 90+3 minutos, altura em que o brasileiro Douglas Costa deu o melhor seguimento a uma combinação com o argentino Higuain, numa altura em que Ronaldo já tinha sido substituído (aos 81).

Com 10 pontos, a ‘Vecchia Signora’ segue na liderança provisória do Grupo D, à espera do que o Atlético de Madrid, segundo, com sete, vai fazer no reduto dos alemães do Bayer Leverkusen, últimos, sem qualquer ponto, enquanto o Lokomotiv é terceiro, com três.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler