loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Benfica homenageia antigo guarda-redes Robert Enke que se suicidou há 10 anos

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

O Benfica homenageou hoje Robert Enke, seu antigo guarda-redes, à passagem do décimo ano desde o seu falecimento.
Benfica homenageia antigo guarda-redes Robert Enke que se suicidou há 10 anos

Robert Enke, na altura jogador da equipa alemã do Hannover, suicidou-se a 10 de novembro, com 32 anos de idade, vítima de uma depressão, razão pela qual havia sido submetido a tratamentos desde a sua passagem pelo Barcelona, em 2003.

O Benfica, clube que representou de 1999 até 2002, recorda a passagem de Enke pela Luz, destacando o facto de ter sido o primeiro guardião alemão a defender as redes encarnadas.

A morte de Robert Enke emocionou toda a Alemanha e o mundo do futebol, desvendando as muitas pressões que os atletas de alta competição podem sofrer e de que, muitas vezes, são vítimas.

Na época em que se suicidou tinha regressado ao campeonato alemão, depois de passagens pelo Fenerbahçe (Turquia) e Tenerife (Espanha), e estava entre os habituais convocados de Joachin Low para a seleção nacional.

O suicídio do guarda-redes e os problemas da depressão levaram a que fosse fundada uma instituição com o nome de Robert Enke, com o intuito de ajudar adultos com este problema, assim como crianças com problemas de coração.

A Federação Alemã de Futebol, em parceria com a Fundação acima mencionada, deixou um apelo a todos os clubes para respeitarem um minuto de silêncio, antes do apito inicial dos jogos, em memória a Robert Enke.

O apelo também conta com uma hastag #gedENKEminute que está a ser amplamente difundida pelos mais diversos clubes do futebol alemão.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler