loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Fernando Santos: «Sinto felicidade por mim, pelos jogadores e pelos portugueses»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

Declarações na «flash-interview» da RTP e SportTV após o jogo Luxemburgo-Portugal (0-2), do Grupo B de qualificação para o Campeonato da Europa de futebol de 2020, disputado hoje no Estádio Josy Barthel, no Luxemburgo
Fernando Santos: «Sinto felicidade por mim, pelos jogadores e pelos portugueses»

“Sinto felicidade por mim, pelos jogadores e pelos portugueses. Foi um apuramento mais difícil do que perspetivávamos. Aqueles dois empates em casa [com Sérvia e Ucrânia] acabaram por condicionar um pouco, ainda mais tendo em conta que, nos últimos anos, Portugal tem vencido sempre em casa.

No meio disso, tivemos uma competição europeia [Liga das Nações] e ganhámos. Isso mostra caráter e ambição destes jogadores.

Este jogo foi um pouco a imagem do nosso apuramento, difícil e suado, num campo muito difícil para nós. Os jogadores sentiram dificuldades com o campo nos primeiros 20 minutos e jogaram muito para trás. O Luxemburgo conseguiu roubar-nos a bola e criar uma ou outra situação. A partir daí, a equipa adaptou-se e chegou ao golo num lançamento que tínhamos trabalhado.

Na segunda parte, jogámos como poderíamos. Procurámos sempre ter a bola e chegar ao segundo golo e conseguimo-lo com toda a justiça.

Portugal prova, mais uma vez, que é grande seleção europeia e mundial. São 11 presenças consecutivas em fases finais e duas competições conquistadas nos últimos cinco anos. Há poucas equipas com este registo.

Se conseguirmos continuar equilibrados e saber o que o jogo nos pede, umas vezes com qualidade e, noutras, sem tanta criatividade, porque o campo ou o adversário não nos permite tanto, continuaremos a ser fortes e a ser uma grande equipa. Se assim for, como sempre, lá estaremos como candidatos”.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler