loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Mundial clubes: Flamengo pode ajudar o Brasil a igualar a recordista Espanha

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem vai vencer a Taça da Liga?

O Brasil pode igualar os 11 títulos conquistados pela Espanha no Mundial de clubes, contabilizando a antecessora Taça Intercontinental, caso o Flamengo se imponha da edição de 2019, pela mão do treinador português Jorge Jesus.
Mundial clubes: Flamengo pode ajudar o Brasil a igualar a recordista Espanha

As equipas brasileiras já conquistaram 10 troféus, um dos quais por intermédio do Flamengo, sob a batuta de Zico, que em 1981 venceu por 3-0 o Liverpool, provável adversário na final deste ano, num confronto entre os atuais campeões sul-americano e europeu.

O clube inglês, que saiu sempre derrotado nos três jogos decisivos que disputou, não guarda boas recordações de adversários provenientes do Brasil, pois também foi batido na final de 2005, pelo São Paulo, por 1-0. Os ‘reds’ fracassaram ainda em 1984, frente aos argentinos do Independiente.

O Benfica também já foi vítima da ‘predileção’ brasileira pela competição – que assumiu o presente modelo competitivo em 2000 -, tendo sido derrotado em 1962 pelo Santos, ao perder por 3-2 no Rio de Janeiro e por 5-2 em Lisboa, com Pelé a marcar cinco golos no total.

O Santos, que revalidou o cetro no ano seguinte, ao bater o AC Milan por 1-0 no jogo desempate (após triunfos por 4-2 para cada lado), contribuiu com dois títulos para o pecúlio do Brasil, tal como o Corinthians, vencedor da prova em 2000 e 2012.

Na estreia no atual formato, em 2000, numa final 100% brasileira, o ‘Timão’ impôs-se ao Vasco da Gama no desempate por grandes penalidades, e repetiu o feito 12 anos mais tarde, ao vencer o Chelsea por 1-0 no jogo decisivo.

O São Paulo foi o clube que brasileiro que mais vezes ergueu o troféu, por três vezes, duas das quais de forma consecutiva, ainda sob a designação de Taça Intercontinental, em 1992, frente ao FC Barcelona (2-1) e em 1993, perante o AC Milan (3-2), além do triunfo sobre o Liverpool, em 2005.

O Grêmio, que venceu o Hamburgo em 1983, por 2-1, e o Internacional, vencedor do embate com o Barcelona na final de 2006, ajudaram a elevar o Brasil ao estatuto de segundo país com maior número de títulos, atrás da Espanha (sete dos quais do Real Madrid), que pode agora ser igualada, com um triunfo do Flamengo e de Jorge Jesus.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler