loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Inglaterra: Golo sofrido aos 90+4 minutos deixa Chelsea mais longe do ‘pódio’

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Outras Notícias

Sondagem

Com a vitória do FC Porto frente ao Benfica o campeonato está relançado?

Um golo do médio Isaac Hayden, aos 90+4 minutos, deu hoje ao Newcastle a vitória por 1-0 na receção ao Chelsea, em jogo da 23.ª jornada, deixando os londrinos mais longe do pódio da Liga inglesa.
Inglaterra: Golo sofrido aos 90+4 minutos deixa Chelsea mais longe do ‘pódio’

Após quatro jogos sem vencer na prova, os ‘magpies’, que estão no 12.º lugar, conseguiram o primeiro triunfo no novo ano civil graças a um desvio certeiro do médio, na sequência de um cruzamento do francês Allan Saint-Maximin.

Com este desaire, o Chelsea, com 39 pontos, pode ficar ainda mais longe do terceiro posto, ocupado pelo Leicester, que tem 45. Os ‘foxes’ jogam com o Burnley no domingo e podem aproveitar também para igualar no segundo posto o Manchester City, que hoje empatou 2-2 na receção ao Crystal Palace.

Com os internacionais lusos João Cancelo e Bernardo Silva de início, os ‘citizens’ viram-se em desvantagem desde os 39 minutos, por ‘culpa’ de um golo do turco Cenk Tosun, mas conseguiram operar a reviravolta perto do final, com um ‘bis’ do argentino Sergio Agüero, aos 82 e 87.

Contudo, depois de ter feito o mais difícil, o Manchester City acabou por ceder o empate, aos 90 minutos, na sequência de um golo de Fernandinho na própria baliza, e apesar de manter o segundo lugar, com 48 pontos, poderá ser igualado pelo Leicester (45), caso os ‘foxes’ vençam o Burnley, no domingo.

A formação de Pep Guardiola está a 13 pontos do líder Liverpool, sendo que os ‘reds’ podem ‘cavar’ ainda mais o ‘fosso’ para os ‘citizens’, uma vez que têm menos dois jogos disputados, um dos quais diante do Manchester United, no domingo.

Já o Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, subiu ao sexto lugar, graças a uma reviravolta no reduto do Southampton, que foi para o intervalo a vencer por 2-0, com tentos de Jan Bednarek, aos 15 minutos, e Shane Long, aos 35, este último assistido pelo lateral internacional luso Cédric Soares.

Ainda assim, os ‘wolves’, com Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho e Pedro Neto de início, conseguiram ‘dar a volta ao texto’ no segundo tempo. Pedro Neto reduziu, aos 53 minutos, e o mexicano Raúl Jiménez, antigo avançado do Benfica, anotou um ‘bis’, aos 65 e 76, consumando o triunfo da equipa mais portuguesa de Inglaterra.

O Wolverhampton (34 pontos) distanciou-se da concorrência mais direta, aproveitando o nulo (0-0) do Tottenham (31), de José Mourinho, na visita ao Watford - marcada pela estreia do médio Gedson Fernandes pelo ‘spurs’ – e o empate 1-1 entre Sheffield United (31) e Arsenal (29).

Os ‘gunners’ adiantaram-se por intermédio do brasileiro Martinelli, aos 45 minutos, só que o escocês John Fleck repôs a igualdade para os ‘blades’, aos 83.

Em igualdade pontual com o Arsenal está o Everton, que empatou 1-1 na casa do West Ham, com o francês Issa Diop a marcar para os ‘hammers’, aos 40 minutos, e Dominic Calvert-Lewin para os ‘toffees’, aos 44.

Brighton e Aston Villa também empataram 1-1, enquanto o duelo entre os dois últimos classificados foi vencido pelo lanterna-vermelha Norwich, por 1-0, na sequência de uma grande penalidade apontada pelo finlandês Teemu Pukki no primeiro tempo.

Programa da jornada:

Sábado, 18 de Janeiro de 2020
Watford - Tottenham, 0 - 0
Norwich - AFC Bournemouth, 1 - 0
Man City - Crystal Palace, 2 - 2
Brighton - Aston Villa, 1 - 1
Arsenal - Sheffield Utd, 1 - 1
West Ham - Everton, 1 - 1
Southampton - Wolves, 2 - 3
Newcastle - Chelsea, 1 - 0

Domingo, 19 de Janeiro de 2020
Burnley - Leicester, 2 - 1
Liverpool - Man Utd, 2 - 0

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler