loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

I Liga: Técnico adjunto do Gil Vicente espera FC Porto de «orgulho ferido»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Outras Notícias

Sondagem

Com a vitória do FC Porto frente ao Benfica o campeonato está relançado?

O treinador adjunto do Gil Vicente disse hoje esperar um FC Porto de «orgulho ferido» no jogo de terça-feira, da 18.ª jornada da I Liga de futebol, garantindo que a sua equipa será «cautelosa» com esse estado do adversário.
I Liga: Técnico adjunto do Gil Vicente espera FC Porto de «orgulho ferido»

Mário Nunes, que foi hoje o porta-voz da formação minhota devido à suspensão do treinador principal Vítor Oliveira, espera que o Gil Vicente possa tirar partido do "desgaste físico e anímico" dos ‘dragões’, após a derrota na final da Taça da Liga, no sábado, frente ao Sporting de Braga.

"Espero um FC Porto de orgulho ferido, que vai querer reverter a atual situação o mais rápido possível, e procurar resolver o jogo o quanto antes. Sabendo que não estão no melhor momento em termos anímicos e físicos, continuam a ter jogadores de grande qualidade e uma equipa extremamente forte", analisou Mário Nunes.

Para aproveitar a eventual intranquilidade dos ‘azuis e brancos', o técnico adjunto do conjunto barcelense quer que a sua equipa "tente impor um jogo intenso”, mas, “ao mesmo tempo”, mantenha “uma boa organização defensiva".

"Temos de estar muito cautelosos. Podemos pensar nessa debilidade do adversário, e depois não acontecer. Podem esperar um Gil Vicente organizado, a procurar controlar os momentos do jogo e a não ser apanhado em desequilíbrios, e sempre que tiver a bola a tentar atingir a baliza adversária e marcar. Queremos trazer os três pontos para Barcelos", vincou Mário Nunes.

A suspensão de sete dias imposta pelo Conselho de Disciplina da FPF ao técnico principal do Gil Vicente, Vítor Oliveira, na sequência das críticas à arbitragem da partida com o Famalicão, de 31 de outubro, termina terça-feira, a tempo do experiente treinador poder orientar os barcelenses no Estádio do Dragão.

Para este desafio, os minhotos, que não perdem há cinco jogos consecutivos, e que no duelo da primeira volta venceram, em casa, o FC Porto, por 2-1, não podem contar com os contributos de Rúben Ribeiro, Ygor Nogueira, Claude Gonçalves e Bogdan, todos lesionados.

O Gil Vicente nono classificado da I Liga, com 22 pontos, defronta terça-feira o FC Porto, segundo com 41, numa partida agendada para as 20:15, no estádio do Dragão, que terá arbitragem da Rui Oliveira, da Associação de Futebol do Porto.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler