loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Bruno Lage: «Não me passou pela cabeça perder os sete pontos de vantagem»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

A Liga fez bem em suspender as competições profissionais devido à Covid-19?

Declarações de Bruno Lage, treinador do Benfica, após o jogo Benfica – Sporting de Braga (0-1) da 21.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.
Bruno Lage: «Não me passou pela cabeça perder os sete pontos de vantagem»

“Não é a questão de correr bem ou menos bem. Já tivemos jogos em que chegámos aqui e olhámos para o nosso jogo com a equipa mais equilibrada e com um bom resultado. Hoje conseguimos um bom jogo. Não conseguimos marcar. O Sporting de Braga marcou um golo de canto. Também vale. E ficou assim. Soubemos sempre encontrar os espaços para jogar e ter o controlo do jogo. Criámos várias oportunidades de golo. É de lamentar não ter ganhado o jogo. Tivemos várias oportunidades.

A equipa teve consistente e segura em termos ofensivos e defensivos. É isso que nos dá o equilíbrio para sermos uma grande equipa. É isso que tiramos de positivo neste jogo.

Não me passou pela cabeça perder os sete pontos de vantagem. Há duas coisas importantes no nosso percurso. É importante a nossa qualidade de jogo e esta pressão de ter uma margem de um ponto de avanço, eventualmente. O ano passado fizemos isso na parte final do campeonato. O importante é aquilo que a equipa faz em cada jogo e deixar tudo para trás, sem pensar em consequências. Queremos vencer os jogos. Queremos olhar para frente e chegar ao final do campeonato e sermos campeões.

Não tenho memória, além do golo, uma oportunidade de golo do Sporting de Braga até aos 70 minutos. Tivemos um conjunto de oportunidades. Vi isso hoje. É isso que temos de levar de um jogo para outro.

Há uma grande diferença entre as grandes equipas e as outras equipas. É uma grande responsabilidade representar este clube e, independentemente dos resultados, no jogo seguinte tem de estar no topo.

Estou completamente tranquilo. Triste por ter perdido. Tudo o que fizermos dentro do campo é do nosso proveito e dependemos apenas de nós.

A equipa não fez um bom jogo com o Famalicão e seguimos em frente na Taça de Portugal. Hoje a nossa equipa teve esta resposta. É um mau momento em termos de resultados, mas não em termos de exibição.

O Cervi tem feito um trabalho fantástico e estava a fazer. Tinha de tirar um dos médios para colocar Seferovic para colocar dois avançados para empurrar a linha defensiva do Sporting de Braga para podermos chegar ao golo.

Toda e qualquer responsabilidade dos resultados é do treinador. Os adeptos que apõem a equipa. Ponham a pressão no treinador e apõem a equipa para que os jogadores sejam felizes em campo”.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página