loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Jorge Silas: «Foi um jogo desinspirado da nossa parte»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Acha que Rúben Amorim é o homem certo para treinar a equipa do Sporting?

Declarações de Jorge Silas, treinador do Sporting, após o jogo Rio Ave-Sporting (1-1), da 21.ª jornada da I Liga de futebol, disputado hoje no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde.
Jorge Silas: «Foi um jogo desinspirado da nossa parte»

“Sofremos logo no primeiro minuto, numa bola parada, que condicionou a nossa estratégia. Vínhamos com uma estratégia diferente, mas ficar a perder desde cedo mudou isso. Muito mérito do Rio Ave, que se apresentou de uma forma diferente do que esperávamos. Demorámos até nos adaptar e conseguimos equilibrar.

Ao intervalo apenas ajustámos a nossa pressão à linha de três do adversário e falámos de alguns aspetos táticos. A partir daí fizemos um jogo mais equilibrado até à expulsão. No final tivemos de defender um bocadinho mais, mas não deixámos de chegar à frente.

De qualquer forma, foi um jogo desinspirado da nossa parte, sobretudo a nível técnico. Cometemos muitos erros e o Rio Ave aproveitou como boa equipa que é. Com menos um não deixámos de acreditar e fomos felizes. Do mal o menos, conseguimos levar um ponto.

Estarmos a perder, a jogar com 10 contra uma boa equipa na sua casa e conseguir empatar acaba por ser positivo. É verdade que fomos surpreendidos pela linha de três do Rio Ave, mas temos de jogar melhor. Foi um dia desinspirado para nós, mas não houve falta de caráter e atitude. Foi positivo a equipa não ter desistido e ter lutado até ao fim.

[Ausências] Naturalmente condicionam, porque andamos sempre a fazer alterações, mas os jogadores que estão cá têm qualidade para jogar no Sporting. Mesmo assim, temos de fazer mais. A falta de inspiração que temos hoje não é normal.

Temos de olhar para cima e tentar apanhar quem está acima de nós. Relativamente à exibição, foi a pior desde que estou aqui. Houve muita falta de inspiração, mas também sei que isto não acontece sempre”.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página